06 de dez 2013

Quando criança, vi muitos filmes de Natal e cada um deles conta a história do Papai Noel de um jeito. Apesar do Grinch tentar estragar o Natal, não lembro de nenhum filme que retrate realmente o Anti-Papai Noel.

Várias culturas acreditam na existência de um ser, que surge para levar as crianças mal-comportadas.
Alguns dizem que ele é o irmão malvado do Papai Noel e outras um demônio que andava junto com São Nicolau¹, castigando crianças “más” e levando-as embora num saco.
Essa história é bastante comum na Áustria, Bavária, Hungria, Eslovênia, República Tcheca, Eslováquia, Croácia e nordeste da Itália. Nesses países tanto o mal quanto o bom Noel andam juntos, presenteando e punindo na noite de Natal.
O que mais me surpreendeu durante a pesquisa, foi o fato de que nesses países eles realmente incluíram esse mito a cultura geral e saem nas ruas vestidos de Krampus arrastando correntes e assustando as crianças.
Na Áustria é chamado de “Krampusnacht” (A Noite do Krampus), geralmente com mais de 200 participantes fantasiados.

No Brasil, a lenda muda, nos estados do sul ele é chamado de “Pensinique” (deturpação de Pelznickel, nome utilizada ao Sul da Alemanha) e circula vestido com sacos de juta e roupas velhas. Provavelmente daí que surgiu a lenda do homem do saco.

¹Bispo da igreja católica, que por ser bondoso e distribuir presentes acabou se tornando um ícone do Natal, apesar da versão que conhecemos do Papai Noel ter sido criada pela Coca-Cola.

Se comportem bem crianças ou não :)
Fotos do site: http://www.theatlantic.com/

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
Comentários publicados somente após a aprovação.

 
ir ao topo