05 de dez 2014

Hello! No post de hoje vou listar alguns lugares que visitei durante o período em que estive em Malta. Infelizmente, dois meses não foram suficientes para eu visitar tudo que eu queria, ficaram faltando alguns lugares na minha lista, mas ainda assim visitei lugares maravilhosos e que, se você tiver a oportunidade de ir pra Malta, go! Junte suas moedinhas aí e anote:

MDINA – A cidade silenciosa
Morri de amores por essa minúscula cidade com arquitetura medieval, andar por suas vielas faz você se sentir dentro de um filme! As portas coloridas, as imagens e cerâmicas de santos ao lado de quase todas as portinhas, as janelas, tudo tudo tudo <3 Você se pergunta como um celular pode estar funcionando naquele lugar tão…antigo! Sendo assim tão linda e encantadora, Mdina já foi cenário de alguns filmes e séries, como Game of Thrones.

O Portão de Mdina.

O Portão de Mdina.

As vielas de Mdina são apenas fascinantes. Na foto, com minhas flatmates.

As vielas de Mdina são apenas fascinantes. Na foto, com minhas flatmates.

O que eu mais gostava na Cidade Silenciosa eram os seus pequenos detalhes.

O que eu mais gostava na Cidade Silenciosa eram os seus pequenos detalhes.

BUGIBBA
Ouvi boatos de que Bugibba tem o pôr do sol mais lindo de Malta. Infelizmente no dia em que fui lá, o céu não estava tão limpo e o sunset não foi o mais maravilhoso que vi na ilhota, mas ainda assim, eu amei aquele lugar. Além disso, Bugibba é conhecida por ser o lugar mais em conta para se comprar souvenirs em Malta!
IMG_6158

COMINO ISLAND
A menor das três ilhas maltesas foi set do segundo filme A Lagoa Azul. Ela não é uma ilha habitada, mas está sempre lotada de turistas e é um verdadeiro paraíso! Para ir até lá, você tem que pegar um barco em Malta, que custa 10 euros o trajeto de ida e volta. Lá você encontra alguns trailers vendendo lanches, cerca de 2 ou 3. O preço de um “kit” sanduíche + batata + Coca sai por 7 ou 8 euros.

A ilha de Comino é a menor das três ilhas maltesas, e não possuí habitantes.

A ilha de Comino é a menor das três ilhas maltesas, e não possuí habitantes.

IMG_6035

A parte dos guarda-sóis à beira-mar costumam ser lotaaados, então muitos turistas, como eu se acomodam nos morros da ilha.

A parte dos guarda-sóis à beira-mar costuma ser lotaaada, então muitos turistas, como eu se acomodam nos morros da ilha.

GOZO ISLAND
A terceira ilha maltesa é maravilhosa e cheia de história. Na verdade, se você gosta de História, você vai ficar louco em Malta! Mas voltando a Gozo, é uma ilha cheia de igrejas lindas, e nela está o lugar mais lacrador de Malta: a Blue Window ou Azurre Window, como alguns chamam. Na primeira vez que estive em Gozo fiz um passeio naqueles ônibus de turismo de 2 andares (bem tiazona mesmo) e não me arrependi. Mas infelizmente, eu naquele dia não consegui descer e ver a Blue Window, vi só de longe e prometi que antes de voltar para o Brasil eu retornaria naquele lugar. Bem, voltei lá no meu último dia em Malta, e não sei se por causa do saudosismo que eu já sentia e a sensação de “eu consegui!” que tomavam conta de mim, mas aquele lugar é abençoado. Eu não queria sair dali, fiquei até o sol se pôr e saí de lá refazendo a promessa de um dia voltar (e voltarei!).

Blue Window, o lugar mais incrível que visitei em Malta.

Blue Window, o lugar mais incrível que visitei em Malta.

Vista de cima da Blue Window.

Vista de cima da Blue Window.

Mas Gozo não é só mar, e a ilha também é habitada e linda, cheia dos típicos balcões de madeira malteses.

Mas Gozo não é só mar, e a ilha também é habitada e linda, cheia dos típicos balcões de madeira malteses.


MARSAXLOKK

Uma vila de pescadores que tem um mercado que é um misto de feira de rua com a Rua 25 de Março de São Paulo, hahaha. Nela você encontra muitos peixes frescos, mas também roupas, sapatilhas, artesanato, pinturas, etc…E tudo por um preço beeem baratinho mesmo! Lembro que vi umas sapatilhas bonitinhas por 5 euros! Mas claro, você tem que garimpar! E depois de bater perna pela feira, você DEVE se sentar num dos restaurantes ali da rua e comer um peixe fresco. Eu não sou muito fã de peixes, mas comi um salmão que tava ótimo!

Artesanato na feira de Marsaxlokk

Artesanato na feira de Marsaxlokk

Bater perna pela feira de Marsaxlokk admirando essa paisagem ao longo do caminho *-*

Bater perna pela feira de Marsaxlokk admirando essa paisagem ao longo do caminho *-*

VALLETTA
Ah! A capital maltesa…linda! É cheia das cabines vermelhas de telefone, herança da colonização inglesa, e como eu li num outro blog antes de visitar Malta: é um museu a céu aberto. Lá você encontra de tudo: lojas de grife, ruazinhas com as lindas sacadas de madeira típicas de Malta, restaurantes à beira mar e uma catedral que POR FAVOR, visite! Você TEM que entrar na Saint John’s Co-Cathedral. Eu fui parar nela sem querer, num festival que estava rolando em Valletta à noite (Notte Bianca) e fiquei pasmada. É um lugar surreal! É uma catedral construído no auge do período Barroco e é riquíssima em detalhes! Você fica boquiaberto olhando as pinturas nas paredes, os detalhes de cada cantinho e as pinturas de Caravaggio…Sim, Caravaggio se refugiou em Malta! E ficou por alguns anos nesta catedral.

St. John's Co-Cathedral - absurdamente rica em detalhes e cheia de pinturas de Caravaggio

St. John’s Co-Cathedral – absurdamente rica em detalhes e cheia de pinturas de Caravaggio

IMG_6506
IMG_5913

SAINT JULIANS – PACEVILLE
Onde eu morava <3 Saint Julians tem uma baía linda cheia de barquinhos coloridos, andar por ali nunca era tedioso. Além disso, em Saint Julians ficam a maioria das escolas de inglês de Malta, então se você for pra lá, é bem provável que estude em St. Julians também. E, por isso, é o lugar mais badalado de Malta, com a noite mais agitada. É party everyday. Everyday mesmo! De segunda à segunda as baladas e bares de Paceville (o bairro) estão abertas e acredito que 90% deles com entrada free! Então, entrou na balada e tava chata? De boa, saí e vai pra do lado…Eu adorava andar por essa rua de Paceville, sempre ouvia um idioma diferente. É um lugar com muitos estudantes e muitos turistas. Então você se assusta quando passa alguém por você conversando algo em português.

St. Julian's Bay - Tirei essa foto através do ponto de ônibus.

St. Julian’s Bay – Tirei essa foto através do ponto de ônibus.

St. Julian's Bay a noite.

St. Julian’s Bay a noite.

SLIEMA
Fica bem pertinho de St. Julians, e é lá que você encontra algumas lojas de grife e o maior shopping de Malta, que na minha humilde opinião de paulistana, é pequeno. Assim, é normal. Não é um grande shopping, mas lá você encontra marcas legais e bem acessíveis como a Pull & Bear, Calliope e Terranova, com blusinhas de 5, 10 euros, e calças jeans por 15, 19 euros. Fora do shopping você encontra a loja Zara de Malta, caso você curta a marca, é uma loja bem grande com 3 andares.

o maior shopping de Malta, The Point.

o maior shopping de Malta, The Point.

Dos calçadões ao longo de Sliema, é possível ver a capital de Malta, Valletta, na outra ponta do mar.

Dos calçadões ao longo de Sliema, é possível ver a capital de Malta, Valletta, na outra ponta do mar.

BLUE GROTTO
Dei a volta na ilha pra achar esse lugar, e não me arrependi! O ideal é você visitar Blue Grotto num dia em que não esteja ventando demais em Malta, assim você pode pegar um dos barquinhos e entrar na gruta *-* Eu, infelizmente, fui num dia que estava frio e com ventos fortíssimos, por isso os barcos não funcionaram, mas mesmo não aproveitando ao máximo o lugar, eu adorei estar ali.

Morrendo de medo de cair, mas não tenho vergonha na cara.

Morrendo de medo de cair, mas não tenho vergonha na cara.

Blue Grotto.

Blue Grotto.

Espero que vocês gostem das dicas que dei! Deu um saudosismo danado fazer esse post hahaha

See you!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
Comentários publicados somente após a aprovação.
  • Luciana Oliveira

    05 de dez de 2014

    Nossa nossa! Parabéns pelo post Ju… Deu pra sentir só um pouco da sua empolgação lendo isso haha
    Bjs

    Responder

    Juliana Carneiro responde:

    dezembro 7th, 2014

    @Luciana Oliveira, Valeu, Lu! Eu queria postar umas mil fotos, mas acho que ia contra as normas da blogosfera hahahaha

  • Lidia Matos

    05 de dez de 2014

    Que lugar maravilhoso! Primeira vez que vejo fotos de lá, achei linda!

    http://www.prefirobsides.com.br/

    Responder

    Juliana Carneiro responde:

    dezembro 7th, 2014

    @Lidia Matos, eu nunca tinha ouvido falar de Malta até abril desse ano hahaha É um lugar incrível mesmo! Eu já to pensando em voltar como turista!

  • Ana Borges

    05 de dez de 2014

    Uau, quanto lugar bacana, gostaria muito de conhecer! Encantada com as ilhas.

    Responder

  • Maria

    05 de dez de 2014

    Quantos lugares lindos! Nunca fui à Malta, mas adoraria ir. Ainda tenho esperança, HAHA. ♥

    Responder

  • Telita

    05 de dez de 2014

    Oi quantos euros são necessários para passar 12 semanas em Malta. Já tenho hospedagem inclusa sem refeição. Mais sou bem tranquila como pouco e mais saudável possível.

    Desde já agradeço

    Responder

 
ir ao topo