15 de jan 2015

Oie, gente! Hoje vim contar como aproveitei meu intercâmbio em Malta para conhecer outros países europeus, indo durante os finais de semana, para não perder aulas.

Aaaah Barcelona <3

Como já contei antes, um dos motivos de ter escolhido estudar em Malta foi para tentar dar um pulinho na Itália durante a minha estadia por lá, pois há muitos anos eu sonhava em ver um jogo da Internazionale di Milano no Giuseppe Meazza (sim, gosto de futebol, e sim, sou torcedora da Inter).

Bem, acontece que eu já estava em Malta há um mês e ninguém parecia interessado em me acompanhar em uma viagem até a Itália, não para Milão pelo menos…E eu não estava com muita coragem de viajar sozinha para lá. Por Malta ser uma ilha, a única forma de visitar os outros países europeus é através de avião, ou você pode ir até a Sicília na Itália de navio (cerca de €120,00 ida e volta na alta temporada e €70,00 na baixa temporada).

Sem companhia para ir até a Itália e sem coragem para ir sozinha, aceitei o convite de um amigo brasileiro que conheci em Malta, para ir até Barcelona. As passagens para a Espanha são geralmente beeeem baratas nas companhias low cost (baixo custo). Aqui no Brasil não temos esse tipo de companhia de avião, mas na Europa existem algumas, duas bem conhecidas são a Ryanair e a EasyJet. A EasyJet infelizmente parou de operar em Malta no meio do ano passado, então me restava a Ryanair. E encontrei neles passagens de ida e volta para Barcelona por lindos 47 Euros. Sim, por cerca de 150 dilmas eu fui e voltei pra Espanha de avião.

Plaza Espanya

COMPANHIAS LOW COST
Algumas pessoas não gostam de companhias low cost por alguns motivos:

  • Aviões sem muito conforto (como eu sou baixa e magra, o espaço entre as poltronas dificilmente me incomoda)
  • Você só pode levar uma mala de mão sem pagar taxas extras – Se quiser despachar uma mala provavelmente pagará uma taxa que talvez fizesse ter valido a pena ir por uma companhia normal.
  • Aeroportos longe do centro – geralmente elas operam em aeroportos mais afastados do centro da cidade, o que pode dar uma dor de cabeça danada pra você caso não se atente a isso e calcule preço de táxi, ônibus, metrô, etc…

Valeu a pena ir viajar com eles mesmo com esses contras? Sim, muito! Na aterrissagem, a Raynair toca uma espécie de musiquinha comemorativa, tipo aquelas músicas que tocam quando você passa de fase no videogame, sabe? Achava muito divertido, até porque quando o avião aterrissa a sensação pra mim é de “sobrevivi meudeuus!”, então era como passar de fase mesmo.

A incrível Sagrada Família por dentro

VIAJANDO PELA EUROPA
Eu nunca tive a miníma vontade de conhecer a Espanha. Zero mesmo. Por dois motivos: 1 – Não sabia a lindeza que esse país é, 2 – Sempre soube que eles A-D-O-R-A-M barrar mulheres brasileiras na imigração. Sério, índices altíssimos. Mas como eu entrei na Europa pela Holanda, e lá eles carimbaram meu passaporte como turista, eu poderia viajar pela União Européia por 3 meses. Teoricamente eles não te fazem passar novamente pela imigração durante esse período…E de fato, na Espanha desembarcamos e não havia ninguém para olhar passaportes ou algo assim, por ser um voo que vinha de outro país europeu eles não conferem nada.

HOSPEDAGEM
Optamos por nos hospedar em um hostel, que encontramos no HostelWorld, pagando cerca de 12 euros a diária. Muito barato, né? Foi a primeira experiência que tive num hostel e atendeu bem às expectativas. Como ficávamos o dia tooodo andando e de noite em barzinhos/pubs, só usávamos o hostel pra dormir (pouquíssimas horas), banho e café da manhã e para isso ele é suficiente e a relação custo x benefício é perfeita. Mas pesquisamos bastante antes de escolher um. Barcelona tem muitos hostels, e por isso é bom analisar bem as avaliações que outros viajantes fizeram sobre o estabelecimento, principalmente com relação a limpeza do lugar e localização dele (se é de fácil acesso aos pontos turísticos, metrô, etc.).

Como te llamas? haha Lojinha que ficava em frente ao hostel

Para esse post não ficar gigante, no próximo conto o que visitar em Barcelona em tão pouco tempo, como eu fiz! E o custo dos demais gastos por lá. Se você tiver alguma dúvida/curiosidade sobre hostel, passagens, etc., é só perguntar nos comentários que eu respondo!

See you!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

13 de jan 2015

Olá, pessoal!

Como foram de final de ano?  Não sei com vocês, mas quando o ano tá quase no fim, sempre acontece alguma coisa pra fechar com chave de ouro, não? Seja notícia boa, seja notícia ruim. Por estar no final, a gente nem espera muito e acaba se surpreendendo. Isso é plot twist.

Plot twist, ou reviravolta, é uma mudança drástica e imprevista em uma narrativa. É saber ao final que Bruce Willis (tinha colocado Nicolas Cage, obrigada, Lena) está morto em O Sexto Sentido, que Darth Vader é pai do Luke Skywalker em Star Wars. Selecionei alguns filmes que têm a fama pelo plot twist, mas não se preocupem, não darei spoiler. É só pra instigar todos vocês a assistirem a mais filmes!

fight-club

Começo cronologicamente, em 1991 com Clube da Luta, do David Fincher. Talvez muitos de vocês já tenham assistido porque né, tem mais de vinte anos. O filme conta a história de Jack (Edward Norton), um executivo insatisfeito com sua vida. Ele sofre de insônia e passa a frequentar grupos de auto-ajuda, onde conhece Tyler Durden (interpretado por Brad Pitt). Tyler o apresenta para um grupo secreto, o clube da luta, onde pessoas estranhas se confrontam violentamente para aliviar as angústias. Jack começa cada vez mais a se envolver com o clube e com Tyler. E bom, vou parar por aqui. O filme é tenso e inteiramente sensacional. (Não preciso nem falar da boa forma do Brad Pitt, né?)

o-grande-truque

De 2006, O Grande Truque, Christopher Nolan, também tem uma dupla sensacional, Hugh Jackman e Christian Bale são Angier e Borden, respectivamente, dois mágicos rivais que se conhecem há muito tempo. Borden apresenta uma mágica revolucionária, onde ele aparece em um lugar diferente após segundos. Depois do seu sucesso do rival, Angier fica obcecado em descobrir seu segredo. É difícil saber pra quem você torce pro filme e ele é cheio de reviravoltas. Tem a Scarlett Johansson que ora tá com o Angier, ora tá com o Borden. Sério, esse filme é brilhante. Nolan também fez o incrível A Origem, mas falarei dele um outro dia.

shutter-island

Ilha do Medo, 2010, do Martin Scorsese, mostra Leonardo DiCaprio como Teddy, um detetive que investiga a Shutter Island porque teve pacientes desaparecidos do hospital da ilha. Toda hora que Teddy descobre alguma coisa, acontece um plot twist. O final é meio “isso é o fim mesmo ou it’s just fantasy?” É intrigante do começo ao fim, gente! Aliás, não é de hoje que DiCaprio entrega uma ótima performance, mesmo a academia não acreditando nisso.

la piel que habito.jpg

Digo com toda certeza que A Pele que Habito, 2011, é o filme mais perturbador desse post inteiro. Quem não viu, veja! Eu não quero/consigo falar sobre a sinopse desse filme, não me obriguem, haha. A história é, basicamente, de um conceituado cirurgião plástico interpretado por Antonio Banderas. Gente, só. Vão assistir!! (e não aconselho a ler sinopses, ok? Vão na confiança e assistam!)

Gone-Girl-02

Por último e não menos importante clichê, termino com o excelente (não que os outros não sejam) Garota Exemplar, do ano passado, também do David Fincher. Muitas pessoas, incluindo a Carla aqui no blog, falaram desse filme ano passado pela incrível Rosamund Pike, ela é Amy, casada com Nick e que desaparece no dia do aniversário de casamento. Conforme as investigações evoluem, todas as pistas direcionam para Nick ser o culpado de tudo e ele, ao mesmo tempo que tenta provar sua inocência, tenta procurar o que houve com sua esposa. O filme é um presente para as mulheres que estão cansadas de se submeter aos homens. Vocês ainda vão ouvir muito falar desse filme e da autora do livro que se baseou, Gillian Flinn! Ouçam minhas palavras (ou leiam, sei lá)!

É isso aí, pessoal! Espero que eu tenha deixado vocês todos intrigados com esses filmes, todos foram ótimas surpresas pra mim e me marcaram muito. Lembro a todos que vocês podem pedir um tema pro post! E ah, já tô na corrida para assistir aos filmes do Oscar, embora os indicados ainda não saíram, e pretendo fazer uns posts especiais sobre isso! Me aguardem!

Beijos e até a próxima!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

12 de jan 2015

ferias1

Contagem regressiva para minha viajem de fim de férias. Na próxima segunda estarei desembarcando em Pernambuco, vou passar uns dias no Recife e depois vou para o interior ficar com a família. Sou super ansiosa e já estou me retorcendo para que chegue logo. Resolvi montar minha playlist de viajem, composta em sua maioria por Indie Folk, espero que gostem e conheçam novas músicas.

A playlist está no spotify, faz tempo que contei aqui a minha vontade de criá-las por lá. Se ainda não tem, tá na hora de fazer, é mágico e grátis :D

ps: essa foto foi tirada nas férias de janeiro do ano passado, achei hoje. “Ah Carla, sua robona, não vale foto antiga”, vale sim, porque sim!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 5 de 812345678
 
ir ao topo