28 de abr 2015

Pois é, gente, o que é bom dura pouco! Voltei de viagem e já tô sentindo saudades. Preciso ainda colocar em ordem as malas, as fotos e os posts daqui, mas pensando na minha depressão pós-viagem, fiz uma lista de filmes de viagem no tempo! Minha vontade mesma é de fazer um post só sobre Doctor Who (quem é fã aí prontifique-se!!), mas como comento sobre filmes, vamos lá:

De Volta para o Futuro

Para começar, claro, não poderia ser outro. “De volta para o Futuro”! Esse filme tá em destaque esse ano porque no segundo o Martin McFly vai até 2015, mas hoje comento só sobre o primeiro da saga, lançado em 1985. Para quem não conhece, o filme conta a história de Martin, que é amigo de Doctor Brown, um cientista que transforma um DeLorean em uma máquina do tempo. Acidentalmente, Martin aciona a máquina e volta até 1955, quando seus pais estavam na escola e, além de tentar voltar para seu presente, ele precisa fazer com que seus pais se apaixonem um pelo outro, tarefa difícil já que sua mãe se interessa por ele. Sessão da tarde? Com certeza! Mas a amizade de Martin com Dr. Brown e a interação com seus pais são divertidíssimas!

Feitiço do Tempo

Outro clássico é “Feitiço do Tempo”, de 1993, onde Bill Murray interpreta um repórter do tempo e precisa ir a trabalho até onde é comemorado o dia da marmota (o que explica o título em inglês, “Groundhog day”), Ele não se interessa pela comemoração e fica mais estressado quando percebe que o dia se repete várias vezes. Ele tenta sair da cidade, mudar radicalmente sua atitude e mesmo assim continua preso no dia. O filme tem uma lição de moral no fim na qual transforma o protagonista em uma pessoa melhor. Mesmo sendo super velho e com qualidade inferior ao que vocês estão acostumados, deem uma chance porque é muito gostoso de assistir.

De Repente 30

 “De Repente 30”, de 2004, pode-se considerar um clássico também, né? Quem nunca assistiu à Jennifer Garner dançando Thriller? Ok, para quem nunca viu, o vídeo está aqui embaixo.

O filme começa com Jenna (a personagem de Jennifer aos 13 anos) em sua festa de aniversário, onde foi alvo de uma brincadeira que a deixou trancada no seu próprio armário. Infeliz, ela deseja que vire adulta de repente, para não ser obrigada a passar pela adolescência e seu pedido é realizado. A partir daí, ela começa a descobrir suas conquistas e que nem tudo que ela fez na vida foi como esperado. A cena que destaquei é em uma festa onde ela, ainda com espírito de criança, não se importa com convenções de que adultos não podem mais fazer coreografia, e acaba mobilizando todo mundo na dança. O filme é ótimo para reavaliar nossos pedidos e nossas decisões, além de ser uma comédia romântica lindíssima e com a presença do Mark Ruffalo.

Te amarei para sempre

Para finalizar, faço uma pequena overdose de Rachel McAdams. Ela fez dois papéis muito parecidos: como mulher de um homem que consegue viajar no tempo. Em “Te amarei para sempre” (título horrível), de 2009, ela é esposa do Eric Bana, que a conheceu quando ela tinha seis anos. Devido a uma modificação genética (não tentem entender), ele faz viagens ao tempo, só que não sabe quando acontecem e nem para onde no tempo vai. Ela vive cronologicamente e precisa se adaptar às lacunas que ele deixa em sua vida, como por exemplo desaparecer no dia do casamento e voltar tempos depois. O filme é baseado no livro de Audrey Niffenegger e é um romance bem bacana de acompanhar, não é difícil de entender as viagens do tempo do Eric Bana.

 Questão de tempo

O último filme, acredito eu, é o mais emocionante da minha lista de hoje. Quem já viu, sabe. Como em “Te Amarei para Sempre”, em “Questão de tempo”, Rachel McAdams interpreta uma mulher que conhece Tim, um cara que consegue voltar no tempo. Eles também tentam explicar o dom, nesse filme é uma linhagem de viajantes do tempo e, aos 21 anos, o pai de Tim lhe diz: basta procurar um lugar escuro e pensar na época que deseja ir. O filme brinca com a ideia principal de viagem no tempo, de alterar drasticamente o futuro ao modificar o passado. Tim usa seus poderes inconsequentemente no começo, o que prejudica seu relacionamento com sua esposa. Esse filme mexeu muito comigo na época que vi, mas para não dar spoilers, não comentarei o porquê.

É isso aí, pessoal! Queria voltar no tempo, mas como não dá, vamos seguir! Tô planejando uns posts bem bacana pra daqui duas semanas! Até lá! :D

Beijos!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

27 de abr 2015

OOOOI, o frequência do blog tá esquisita, né? Eu sei, mas é porque meus dias também estão.

Vou contar algumas historinhas aleatórias que tem acontecido, que me lembraram muito da Funéria (Infortúnio  MTV, quem não conhece procure), que vivia repetindo “Que infortúnio”, porque simplesmente não consegui entender o sentido das coisas ainda.

Fui ao banco depositar um dinheiro, peguei o envelopinho. Errei o primeiro e o segundo, porque né, sou eu, mas no terceiro fui capaz de escrever o nome, numero da conta e agência sem cometer nenhum erro grave. Tudo bem, primeira fase concluída, agora vamos para o caixa…e eis o que houve.

Caixa diz:

  1. Digite a agência (OK)
  2. Digite o número da conta (OK)
  3. Coloque o código de barras do envelope na parada de luz ali do lado (EITA, OK)
  4. Digite o valor (OK)
  5. Enfie o envelope no buraco (OK, ufa, acho que consegui)
  6. Agora digite o número do envelope (pera, o que?)

banco1

A máquina me pediu para digitar o número do envelope depois de que já ter enfiado a porcaria nela. Eu sequer sabia que tinha um número no envelope, voltei correndo a mesa de envelopes e percebi que realmente tinham, depois voltei pro caixa e fiquei olhando pra ele desesperada. Olhei em volta e fiz sinais tipo “OMG, VENK, O QUE ESTÁ ACONTECENDO?” para uma guarda do outro lado do vidro, ela me olhou tipo “Não falo a língua do descontrole” e ignorou.

Resumindo eu dei um enter no caixa mesmo sem o número e ele resolveu imprimir meu comprovante, ufa, mas wtf? até o banco me trollando agora.


 

Eu contei umas 10 vezes, mas não sei se estão sabendo que minha Samsung NX1000 (minha primeira Semi ♥) quebrou a lente e eu mandei pra assistência. Essa semana, depois de quase um mês por lá, entrei em contato e descobri que ela morreu, não tem mais jeito. Ok, respira fundo!

Dai entrei em contato com a Samsung, eles foram verificar se havia outra no estoque e não havia, fiquei um pouquinho triste, realmente gostava na câmera, principalmente pela praticidade. TINHA WI-FI, PELO SAKE DE DEUS (For God’s sake, kkkkk, na verdade quer dizer ‘Pelo amor de Deus’)!

rip

Então eles irão me ressarcir no valor que paguei na câmera. Atualmente estou usando minha nova t3i, ainda vou falar dela aqui no blog, mas vou sentir falta da praticidade da minha Samsung. O incidente aumentou ainda mais minha consideração pela marca, já usei muitas coisas mesmo deles, pelo menos uns 5 celulares (os meus e os da minha mãe), 2 câmeras (a primeira eu consegui explodir no chão) e no momento meu notebook e não tenho do que reclamar no twitter.


tcc1

Estou no último ano da faculdade, ano muito corrido e de TCC, o que me faz atribuir qualquer coisa que eu faça na faculdade a essa palavra simplesmente pela preguiça de explicar o que estou fazendo.

  • Estou fazendo um resumo para um seminário – TCC
  • Estou fazendo o carometro da agência – TCC
  • Estou mandando snaps gritando alegremente pros integrantes da agência – TCC

Gostaria que em outras situações eu tivesse a oportunidade de resumir tudo em uma palavra, vou pensar a respeito. Mas por enquanto estou enlouquecendo com o tcc enquanto gostaria de estar atirada na cama, assistindo mais série do que é possível.

Quando as outras pessoas, que passaram por isso antes de mim, falavam de seus tcc, eu imaginava um período de inferno, onde todos estão tentando matar a todos e você esquece de comer por estar muito ocupado, lendo mil vezes a pesquisa que você mesmo fez e não entende e repetindo o mantra “Daqui a pouco acaba. Daqui a pouco acaba”. É tipo isso mesmo…
Agora tenho que ir me arrumar, estou vendo umas novidades para o blog, não sei se vocês vão gostar, nem se vai dar certo, mas enfim, torçam!

sirius

 

ps: Sirius não consegue lidar que eu esteja ocupada. Esse cachorro parece um gato em tantos aspectos que me pergunto se não mandaram ele no corpo errado pro mundo. Vou falar disso depois também, agora vou, beijos.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

26 de abr 2015

capa1

Gravei uma tag em dupla com o Bruno Vigatto, do Canal Inspiradouro. Conheço o Bruno a alguns anos, somos da mesma agência experimental na faculdade e até mesmo já trabalhamos juntos, recentemente ele foi para Miami e resolveu começar seu 306º canal no youtube (sdds dois tt’s), sigam o canal dele para que ele possa comprar mais roupas na Forever 21!

Espero que tenham gostado, vem acompanhar a gente!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 1 de 512345
 
ir ao topo