24 de jun 2015

Olá, pessoal!

Tava em dúvida sobre a temática dessa semana e como no começo desse mês foi a Parada Gay, parei pra pensar sobre filmes que tratam sobre homossexualidade e é muito triste que, além de não ter muitos, a maioria não tem final feliz. Além disso, é muito comum a gente conhecer esses filmes pelos motivos errados, sem perceber que eles são, sobretudo, uma história de amor. Selecionei os mais conhecidos, os que mais gosto, o mais fofinho na esperança de que vocês apreciem esse tipo de “gênero” para, quem sabe, no futuro, existir mais filmes felizes.

O Segredo de Brokeback Mountain

O primeiro não poderia deixar de ser O Segredo de Brokeback Mountain, de 2006, por ter sido bem polêmico na época. A história acho que todo mundo conhece, os personagens de Heath Ledger e Jake Gyllenhaal trabalham juntos durante um verão cuidando de ovelhas em Brokeback Mountain. Eles se envolvem, mas depois do término do trabalho, cada um segue sua vida: um torna-se cowboy e o outro se casa. Depois de um tempo, eles se reencontram e se envolvem mais, mesmo com cada sendo pai de família. Não preciso dizer que há consequências e que o final não é feliz, né? O filme é lindíssimo e recomendo a todos, além de ser bem aclamado pela crítica e as atuações estarem ótimas!

Direito de Amar

Direito de amar é um filme pouco conhecido de 2009 com Colin Firth, mas que todos deveriam conhecer. Ele interpreta um professor que perdeu seu companheiro de longa data e que está depressivo. Infeliz e com insônias, ele decide se suicidar, mas com cautela: ele planeja cada passo, o que leva tempo. Durante esse intervalo, entre umas aulas e outras, ele passa por novas experiências, como a de conhecer um aluno novo. Colin Firth sempre arrasa nas atuações, mas de quebra também tem Julianne Moore, Nicholas Hoult e Matthew Goode (que sou apaixonada). Conheçam esse filme, sério!

Azul é a cor mais quente

Ano passado, esse filme teve bastante repercussão. Azul é a cor mais quente é um filme francês de 2013 que conta a história de Adèle que se apaixona aos 15 anos por Emma e seus cabelos azuis (só falei isso por causa do título do filme). O filme passa pela evolução do amor das duas, os conflitos com a família e principalmente com a moral conservadora que ainda infelizmente existe. O filme é bem pesado em vários sentidos, as cenas de sexo são bem explícitas em três horas, tem muita gente que assistiu pelos motivos errados, a ideia é assistir para descontruir o amor lésbico (não é só fetiche de homem, pessoal).

Kill your darlings

KYD_4_3_12_JMiglio_2007

O nome em português é Versos de um crime, que não é ruim, mas adoro o nome original. Esse filme também acho que seja bem conhecido por causa do Daniel Radcliffe. Ele interpreta o autor Allen Ginsberg ainda em seu tempo de faculdade. Lá, ele conhece o nada convencional Lucien Carr e juntos eles vão descontruir os paradigmas que eles estavam acostumados no quesito cultura e mundo. Adoro filmes que tem referências literárias e esse tem vários, super recomento. Além de ter a oportunidade de provar pra sociedade que o Daniel não é só Harry Potter.

Hoje eu quero voltar sozinho

Deixei por último esse filme LINDÍSSIMO que além de ser nacional, não é triste como todos esses outros que citei. Para quem não conhece, esse longa é baseado no curta chamado Eu não quero voltar sozinho, que tem a mesma história, mas com o final diferente. O filme a trajetória de Leonardo, adolescente deficiente visual gay que tem muitos obstáculos para enfrentar. Ele procura, sobretudo, a sua própria dependência e se descobrir como pessoa. Para isso, ele recebe a ajuda da sua amiga, Giovanna, e do novo aluno da sala, Gabriel, por quem ele tem uma quedinha. Não quero contar mais e sei que minha sinopse não faz jus ao filme. Esse filme foi super elogiado lá fora e o ator que interpreta o Leonardo não é cego de verdade, mas atua perfeitamente. Sério. Assistam, simplesmente. Minha alta recomendação da semana!

É isso, pessoal! Dicas de temas são sempre bem-vindas.

Até daqui duas semanas!

Beijos!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

21 de jun 2015

Oi gente, vamos a mais uma edição dos looks ilustrados!
O primeiro look de hoje é da Simone, do Agridoce Cereja, que está sempre por aqui e estava reclamando de não ter sido ilustrada ainda, hahaha. Então peguei o último look que ela postou blog, o que eu mesma fotografei para ela no jardim do museu do Ipiranga.

agridocecereja - Copia
Referencia: aqui

A um tempo atrás eu contei na fanpage que perdi dois dos looks que me mandaram por inbox, bom, eu encontrei de volta as meninas. A Camila do blog Doce Estranheza, era a primeira delas e me mandou o look mais recente para que eu ilustrasse.

doce estranhesa5
Referencia: aqui
Espero que todos gostem e fiquem felizinhos, YAY!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

20 de jun 2015

Parte de dentro do mirante na torre do Banespa

mãos da Simone

Um dos lustres do prédioMartinelli

Cabelo da Amanda (ela cortou </3)

Parte do teatro municipal

IMG_4695

Botão no jardim do ipiranga

Essa postagem faz parte da postagem coletiva do Lente Criativa.

Amei o tema desse mês, tive que me controlar para não adicionar mais fotos. Peguei todas de outras sessões de fotos que fiz ultimamente, espero que tenham gostado. <3

Visite outros participantes do projeto:

Vestido RodadoA menina da janelaAquarelaAmarantine

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 2 de 71234567
 
ir ao topo