11 de nov 2015

Oooi gente, mais um look ilustrado. A blogueira linda da vez é a Gabi Capone do Gabriela Cravo e Canela, não sei porque demorei tanto para ilustrá-la, os looks delas são lindos e ela é uma querida.
Passem lá para dar uma olhada depois.

gabicapone kajskajsla

Referencia: aqui

gabicapone 2

Beijo beijo, estou e continuarei um pouco ausente, por causa do tcc. Não vou parar de postar e volto logo, com muita coisa legal, sorteio, viagem, amigo secreto, etc. <3

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

10 de nov 2015

Olá, pessoal,

Final do semestre é uma coisa, né? A gente procrastina até onde dá, mas chega uma hora que a água bate vocês sabem onde. Nesses momentos, a gente costuma ficar meio louco (eu pelo menos, confessem vocês também). Inspirada nisso, selecionei alguns filmes de psicopatas/serial killers. E A INSPIRAÇÃO ACABA AÍ! Não mato ninguém nos meus finais de semestres, okay? Para não me comprometer mais, vamos à lista!

Psicose

Para começar, o clássico de Hitchcock, Psicose, de 1960, que apresenta o tão conhecido Norman Bates. Ele toma conta do hotel da família, lugar onde a protagonista, Marion, passa a noite. Parece muito redundante comentar sobre um clássico como esse: todo mundo sabe que Norman tem uma relação bem doentia com a mãe. Essa relação é explorada na série Bates Motel, embora eu não tenha gostado dos primeiros episódios, é interessante a ideia. Fica a dica aí.

O Silêncio dos Inocentes

Outro clássico é O Silêncio dos Inocentes, de 1991, que mostra uma agente se consultando com um psicopata que está preso por canibalismo para ajudá-la em uma série de assassinatos. Os diálogos entre os dois são riquíssimos e Hannibal é extremamente assustador. Esse filme ganhou o Oscar de melhor filme no ano e originou diversos outros com o Hannibal, embora nenhum deles seja na pele do Anthony Hopkins. Para quem se interessa por séries também, recentemente foi (injustamente) cancelada a série chamada Hannibal.

Jogos Mortais

Quem não conhece a frase: “I want to play a game”? Jigsaw é o responsável por grande parte das armadilhas mais inteligentes que vimos no cinema. Ele é um cara super inteligente que tem um câncer, então ele decide criar armadilhas para pessoas que não valorizam a saúde que têm. Ao todo são sete filmes, o primeiro foi lançado em 2004 e o último em 2010 e, embora os últimos percam a qualidade, ainda recomendo a série inteira.

Zodiac

O serial killer não aparece no filme, então vai a foto dessas lindezas.

Zodiac, de 2007, mostra uma história real de um serial killer que enviava cartas codificadas para jornais locais relevando suas vítimas e a possibilidade de descobrirem sua identidade. Várias pessoas do jornal se mobilizam para decifrar as mensagens para evitar novos assassinatos, o que torna o personagem de Jake Gyllenhaal totalmente obsessivo pelo caso.

Seven

Achei mais bonito colocar o Brad Pitt aqui.

E pra terminar, Seven – Os sete crimes capitais, de 1995, que mostra um serial killer que mata suas vítimas de acordo com os sete pecados capitais. As mortes são bem pesadas e o final, surpreendente. Eu não quero contar spoiler de nenhuma das mortes, então corram para assistir a esse filme!

Como vocês podem perceber, deixei de lado os clássicos filmes de serial killer como Jason, Freddy Krueger, etc. Foi proposital. Meu intuito era mostrar filmes que explorassem mais o lado psicológico e não só assassinatos frenéticos, mas se vocês quiserem, faço um post com eles também.

Por enquanto é só, pessoal. Vou mergulhar nos trabalhos porque não tá fácil pra ninguém!

Beijos!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

07 de nov 2015

Fiz essa tag(que talvez já deve existir por ai), baseada nos game shows da vida, que ficam tentando adivinhar os artistas. Amo essas coisas – Qual é a música também, um dia eu faço um!

Pra deixar mais legal, a punição de quem errasse era beber um gole de água sanitária e… brinks, desinfetante…brinks, ok, parei, vodka pura.

E quem recebeu áudio no whats comigo bêbada dizendo que amava todo mundo e vídeo no snap comigo rindo, enfim, foi aqui que tudo começou.


Se inscreva no canal para não perder as próximas maluquices!

Ps: O Héber Simeoni me ajudou pra caramba quando o vídeo deu uns problemas, sem ele o vídeo não existiria (lágrimas, gritaria e confusão), então acessem o canal dele: aqui

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 4 de 512345
 
ir ao topo