06 de abr 2017

Nome: Um Dia
Autor: David Nicholls
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580570458
Número de páginas: 416
Sinopse: Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas — vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.

É meus queridos leitores, a vida é mesmo uma caixinha de surpresas. E é sobre isso que vim falar hoje aqui.

“No entanto, é Emma quem ele mais deseja ver. Por que não está com ele esta noite? Existem tantas coisas que gostaria de perguntar, como por que os dois nunca ficaram juntos, eles ficariam tão bem juntos, uma equipe, um casal, Dex e Em, Em e Dex, todo mundo diz isso.”

Todo mundo tá tomado por uma reflexão coletiva sobre “Os 13 Porquês” essa semana, devido ao lançamento da série na Netflix. A série aborda algo muito parecido com esse livro: as decisões que você toma podem mudar tudo no final.

E numa pegada meio “temporal” e meio “e se”, nos jogamos na história pra descobrir o mundo dessas duas pessoas que têm a vida em eterna colisão.

15 de Julho

Todos os anos, no mesmo dia, David Nicholls nos conta – numa narrativa meio maluca e desconexa em terceira pessoa – por onde andam Dex e Em. Em alguns anos estão juntos, em outros não. Em alguns anos eles não conseguem se ver longe um do outro, em outros nem se falam.

Esse dia, porém, não trata apenas dos dois. Ele trata da vida. Fica nítido pro leitor que o tempo passa, pessoas surgem e coisas mudam. As pessoas mudam. O livro mostra que tempo dá e que o tempo tira, mas acima de tudo, o tempo ensina.

Dex e Em, Em e Dex

Com o decorrer dos anos, você vai ver a evolução dos dois personagens (mais da Emma do que do Dexter, só pra constar) e como as mudanças externas vão os mudando internamente.

A história começa com os dois na faculdade, 1988, preocupados com o futuro e animados com tudo o que podem viver. Emma é uma garota cheia de sonhos, mas com poucas condições e Dexter, um garoto cheio de condições, mas com poucos sonhos.

Eles tem uma conexão incrível. E essa conexão se transforma em amor. Porém, como são jovens (eternamente) e não sabem lidar com essa nova emoção, eles decidem ser melhores amigos, convencendo-se de que o amor pode manifestar-se de várias maneiras. A questão que resta é: será que só isso basta?

Por que você deveria ler?

“O negócio era ser corajosa e ousada e realizar alguma coisa”, pensou consigo mesma. Não exatamente mudar o mundo, só um pouco à sua volta. (…) Mudar a vida das pessoas através da arte, talvez. Escrever coisas bonitas. Agradar aos amigos, continuar fiel aos próprios princípios, viver plenamente, bem e com paixão. Experimentar coisas novas. Amar e ser amada, se possível.”

É muito simples, porque vai ter dar um insight de como a vida é curta e merece ser vivida com todas as suas forças. De que não devemos deixar para amanhã o que podemos fazer hoje. De que não devemos deixar de falar as nossas verdades e sentimentos. E, principalmente, de que não devemos ter medo; afinal, a vida sempre encontra um jeito de colocar tudo no lugar, só pra bagunçar tudo depois.

O filme!

Esse livrinho lindo tem uma adaptação para o cinema com a MARAVILHOSA da Anne Hathaway no papel de Emma e Jim Sturgess no de Dexter. É uma daquelas aonde o filme é tão bom quanto o livro, talvez até um pouco melhor, por conta da narração mais linear.

Cheio de cenas emocionantes e um final absurdo de louco, você não se arrependerá de assistir e ser feliz; claro, depois de ter lido o livro! hahahaha

E é isso galera, deixem aqui nos comentários o que vocês acharam do livro, se gostariam de acrescentar alguma coisa e se vocês se apaixonaram tanto pela história e derramaram várias lágrimas igual euzinha.

:)
Um peixo no core,

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
Comentários publicados somente após a aprovação.
  • Karine

    06 de abr de 2017

    eu simplesmente AMO esse livro ♥ e só não consegui assistir o filme, pq sei que vou me desidratar em lágrimas, juro esse foi um dos poucos livros que me fizeram chorar, mesmo sendo tão ‘bobo’ ele é real, é uma das minhas histórias favoritas da vida, justamente pelo o que vc citou ‘pessoas surgem e coisas mudam. As pessoas mudam. O livro mostra que tempo dá e que o tempo tira, mas acima de tudo, o tempo ensina.’ senti uma coisinha tão boa qdo li essa resenha ♥

    Responder

  • Nattany Martins

    06 de abr de 2017

    Amo esse livro tanto! Ele é um dos meus xodozinhos. O filme é igualmente maravilhoso. Minha amiga catou meu livro pra ela e NUNCA mais devolveu! hahaha’

    Responder

 
ir ao topo