24 de set 2017

A peça chave desse look é o quimono floral transparente. Lembro da minha mãe tê-lo usado no casamento da minha tia, ou seja, 21 anos atrás.

Por isso eu amo a forma que a moda flui e volta. A década de 90 é minha influencia favorita para roupas, apesar de muitos dizerem que as roupas eram bregas. Inclusive esse é o ponto que estou atualmente com roupas, não estou nem ai se determinada peça não favorece o meu corpo, idade, cabelo, tom de pele. Ninguém deveria determinar o que é ou não bom pra mim, os únicos critérios realmente relevantes são: Quero e posso ter (tenho dinheiro pra pagar).

Se a roupa lhe cabe e pertence, você se sente confortável com ela (fisicamente), é simplesmente estúpido que você não possa usá-la por conta do julgamento de terceiros. Sinto falta desse empoderamento quando estou conversando com outras mulheres e assistindo ela se limitarem e rebaixarem porque a sociedade fez com que elas acreditassem que não podem fazer exatamente o que querem. Isso precisa acabar!

O tipo de corpo certo pra roupa que você quer vestir é o seu!

essa cara de Sandy com os olhos fechados era pra tentar editar o sol, esse dia estava MUITO QUENTE

Essas fotos foram tiradas pela Barbara do Like Old Times, no dia em que voltamos ao Bazar Samburá pra garimpar roupas legais. O vlog do dia está no canal dela (clique aqui).

Escolhi uma mini saia evasê preta e uma blusa de alças, tudo bem básico para que o destaque do look fosse o quimono. Bolsa e sapatilha rosê para ornar.

Essa foto foi no Luz da Villa – QUERO UM BALANÇO, SOCORRO

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
Comentários publicados somente após a aprovação.
  • Amanda

    24 de set de 2017

    Oi, Carla! Ninguém deveria dizer como a gente deve ou não se vestir. Qual roupa que favorece ou não o nosso tipo de corpo. Isso é um absurdo, né? Se a gente se sente bem, é o que importa.
    Esse quimono é muito bonito mesmo! E que demais que a tua mãe usou no casamento da tua tia e ainda tem ele. Ah, que cabelo maravilhoso! <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    Responder

  • Mari

    24 de set de 2017

    Que kimono mais lindo! Adoro quando a peça tem uma história, e super me identifiquei – porque também uso roupas que foram da minha mãe. <3

    Responder

 
ir ao topo