27 de jan 2018

Engraçado como parar pra escrever me exige tão mais do que para ilustrar/desenhar ou editar vídeo a maior parte do tempo e em outros momentos escrevo tão rápido e os temas se desdobram com tanta facilidade que parece que estou psicografando.

Ao mesmo tempo, passo o dia todo respondendo pessoas, grupos, comentários, falo com muito mais gente do que vejo em um dia, com isso acabo escrevendo muito mais palavras do que teria em um post.

Como pessoas que convivem em sociedade, vocês, assim como eu, conversam, decidem, debatem, concordam e discordam de coisas todos os dias, mas queria falar de situações em especifico.

Algumas vezes por semana minha resiliência é testada e caio em armadilhas, as pessoinhas no meu cérebro ficam tentando conter a raiva e batendo no painel de controle (sim, acredito que divertidamente é real, hahaha) para que a situação não vá longe demais.

Isso acontece principalmente por causa de coisas desnecessárias. Por exemplo, oportunidades que pessoas perderam de ficarem caladas. Veja bem, não estou dizendo que você deve ficar calado a respeito de tudo ou não expressar suas opiniões. Mas quando acontecer de alguém falar algo equivocado, você explicar e ainda assim a pessoa continuar batendo na mesma tecla. Let it go, não vale a pena. A partir do momento que a discussão gira em torno de opiniões, ambas as partes tem conhecimento do que estão falando, ou então apenas uma tem e a outra não se interessa por ele, apenas por ter razão, esse assunto nunca vai evoluir, portanto, é inútil e você estará não só perdendo seu tempo como se estressando.

É importante reconhecer essas situações, porque as mesmas podem arruinar o seu dia ou dificultar as relações com outras pessoas. Temos que entender que não cair na armadilha não significa perder uma discussão a qual se estava certo, mas sim, aceitar que outras pessoas podem pensar de outras formas, recomende apenas que elas pesquisem mais sobre o assunto que estão falando e siga em frente, cada um é responsável pela própria ignorância nesses casos.

Essa seria essencialmente a cura para “O chato do rolê”, mas se você for essa pessoa e se sente mal com o que as pessoas estão dizendo, tem a possibilidade de que você esteja no role errado, afinal aquelas pessoas não tem os mesmos interesses que você. Encontre o seu rolê e seja feliz!

As fotos desse look foram tiradas pela Simone Montilares (Agridoce Cereja), ri muito, apesar da cara de sofrimento infringida pelo sol em algumas fotos e logo depois termos pego uma tempestade, hahaha, lembranças legais pra esse ano. ♥

Camiseta branca básica. Calça: Lojas Renner. Bota: Urban Flowers. Óculos: Chilli Beans.

Look ilustrado:

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
Comentários publicados somente após a aprovação.
  • Paulinha Silva

    27 de jan de 2018

    Amei muito o look, e as fotografias ficaram incríveis.
    Você arrasa muito. Beijão.

    Responder

    Carla Nascimento responde:

    fevereiro 19th, 2018

    @Paulinha Silva, obrigada *-*

  • Patty

    27 de jan de 2018

    Miga, eu amo uma calça preta rasgada, então nem preciso dizer que amei real esse lookzinho gótica suave summer version AHUHAUHAUHAUHUAHUAHUAHU <3 HASOU.

    Responder

    Carla Nascimento responde:

    fevereiro 19th, 2018

    @Patty, hahaha, acho que gótica suave summer version traduz o meu estilo socorro

  • Mih Farbo

    27 de jan de 2018

    Ficar focado nas redes, faz a gente se esquecer do que realmente é importante, acho que de certa forma viramos antissociáveis em alguns casos, isso é ruim, adorei o modelinho basico, arrasou nos filtros

    Responder

    Carla Nascimento responde:

    fevereiro 19th, 2018

    @Mih Farbo, obrigada mo bem <3

  • Karin Paredes

    27 de jan de 2018

    Oi Carla!
    Sabe o que mais gosto nos seus looks do dia?!?!
    Eles são simples, mas cheio de personalidade.
    E é exatamente você, sabe!

    Amo seus posts de looks!
    Mil beijos

    Responder

    Carla Nascimento responde:

    fevereiro 19th, 2018

    @Karin Paredes, aawn sua linda
    eu amo fazer, acho que muita gente já enjoou dos looks mas dá um prazer de fazer. <3

 
ir ao topo