18 de nov 2014

Hoje vim cumprir minha promessa e falar sobre um dos gêneros que mais gosto do cinema: o musical. No entanto, fiquei indecisa sobre como abordar o tema aqui no blog; se falando sobre a origem, se comentando alguns dos que mais gosto. Depois percebi que qualquer uma das duas abordagens resultaria em um post enorme, então me contentei com selecionar cinco filmes que são importantes para o gênero e que me marcaram.

Começo por O Mágico de Oz (The Wizard of Oz), de 1939, baseado no livro infantil de L. Frank Baum, e conta a história de Dorothy que, graças a um tornado, vai parar na terra de Oz. Dorothy deseja voltar para casa e para isso procura o mágico de Oz que dizem realizar pedidos. Junto a sua jornada, ela encontra seres que também estão à procura do Mágico para atender seus desejos: um espantalho que deseja um cérebro, um homem de lata que procura um coração e um leão que precisa de coragem.  O filme começa em com tons de marrom, mas após Dorothy chegar a Oz, torna-se colorido, mostrando cores vivas e os famosos sapatinhos vermelhos da protagonista. A música mais famosa desse musical ocorre ainda em Kansas, antes do tornado, por isso a cor. Quem quiser ver o vídeo:

De 1965, dou destaque ao filme A Noviça Rebelde (The Sound of Music). Ganhador do Oscar de melhor filme, é baseado em um musical da Broadway e conta a história da família Von Trapp. A vida dessa família muda quando Maria, interpretada por Julie Andrews, é contratada como governanta dos sete filhos do pai viúvo. O capitão Von Trapp educa os filhos de forma muito rígida e Maria revoluciona essa educação, aliás, ela ensina as notas musicais em forma de música, confira aqui. Para quem desejar, também vou deixar aqui a cena de abertura com a lindíssima Julie cantando.

the-sound-of-music

Agora cito um filme que quem não viu pode conferir no Cinemark naquela iniciativa que comentei semana passada (quem perdeu, o link é esse). Grease de 1978 vai passar nos cinemas dia 20 e 21 de dezembro. Para quem não conhece, o filme conta a história de dois estudantes que se apaixonam no verão, mas se separam no mesmo período. O que eles não esperavam é que Sandy se muda para a mesma escola que Danny, mas eles não ficam juntos devido aos comportamentos infantis dos dois. (Atire a primeira pedra quem não se identificou) John Travolta está em seu auge e o filme tem uma música conhecidíssima, Summer Nights. Não colocarei links do youtube na esperança de vocês irem conferir no cinema (não estou recebendo comissão do Cinemark, ok, gente?).

grease-poster

Chegando no século XXI, Chicago de 2002, também ganhador do Oscar de melhor filme, mostra a história de Roxie (Renée Zellweger), que vai pra prisão por ter matado seu amante. Lá, ela conhece Velma (Catherina Zeta-Jones), que assassinou seu marido e a amante dele. Roxie ainda não foi condenada e para que isso não ocorra, ela contrata Flinn (Richard Gere), que pretende manipular a impressa para vê-la como inocente e torna-la uma celebridade. Deixo aqui a primeira música do filme, All that jazz. Também deixo a minha cena favorita do filme, Cell block tango. Confiram quem ainda não assistiu, é sensacional.

Para finalizar essa lista, cito Os Miseráveis (Les Misérables), de 2012, pois é o musical que recentemente mais teve prestígio pelo Oscar. O protagonista do filme é Jean Valjean (Hugh Jackman), que foi preso por roubar um pão para alimentar sua irmã. Após cumprir sua sentença, ele reconstrói a vida, mas constantemente é perseguido pelo Inspetor Javier (Russell Crowe). Ele conhece Fantine (Anne Hathaway) que, após sua morte, decide criar sua filha, Cosette (Amanda Seyfried). O filme é um poço de talento e tragédias, super recomendo para aqueles que ainda não viram. Deixo aqui a performance que concedeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante à Anne Hathaway, I dreamed a dream.

A lista de musicais que adoro é imensa, então foi muito difícil escolher cinco filmes. Quem sabe algum dia eu não seleciono mais cinco e posto aqui. Por enquanto é só, não esqueçam de me dizer quais são os seus musicais favoritos!

 

Um beijo e até a próxima!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

03 de nov 2014

captura-de-tela-2014-05-20-acc80s-19-31-14

Olá!

Eu estava preparando um post sobre musicais, mas decidi fazer outro convite a vocês (porque não existe satisfação maior do que indicar bons filmes pros amigos). Desde mais ou menos o meio desse ano, o Cinemark separa sessões toda semana para passar um clássico. Atualmente, a proposta está na quarta temporada, mas vou comentar aqui caso vocês ainda não conheçam.

Em algumas redes do Cinemark (você pode conferir se a que você vai está incluída nesse link) têm sessões em horários específicos toda semana (quarta, 19h30; sábado, 23h55; domingo, 12h30). A cada semana, um clássico fica em exibição, ou seja, é uma chance única para aqueles que querem assistir ou reassistir a filmes antigos. Com a quarta seleção de clássicos, vocês ainda podem conferir Uma linda mulher, Love Story, Scarface e Bonnie e Clyde. Recomento todos, principalmente Love Story.

 Um dos filmes que passou na primeira temporada da proposta foi o Laranja Mecânica e eu fui assistir quando passou em junho em uma quarta-feira e quase não consegui lugar. Foi fantástico. Depois, na segunda temporada, fui assistir ao Forrest Gump no domingo e estava mais vazio. Contudo, acredito que isso tenha a ver com o filme e não com os horários das sessões.

Pra quem tá me odiando por ter ficado com vontade de assistir a esses filmes, o Cinemark vai fazer a quinta temporada a gosto dos fãs. Ou seja, você pode votar na página do Facebook para eles passarem novamente Laranja Mecânica, Forrest Gump e tantos outros. É só curtir. O link está aqui.

10616147_771685116212495_2301345526977454982_n

Confiem em mim, assistir a esses filmes no cinema faz uma enorme diferença, pode não parecer, mas é outra emoção. Também é ótimo para relembrar uma época da nossa vida ou, para quem não era nascido nos lançamentos desses filmes, conseguir ter a sensação de como foi.

Votem no filme que vocês querem ver e reúnam a galera pra reassistir a esses filmes. Meus amigos foram assistir ao Forrest Gump comigo e adoraram. Não esqueçam de me dizer aqui nos comentários o que acharam da experiência!

E como já dei spoiler no começo do post, daqui duas semanas volto com alguns musicais pra vocês!

Beijos e até a próxima!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

21 de out 2014

Olá!

Meu nome é Patricia, mas todo mundo me chama de Patê! Sou amiga da Carla desde a segunda série, e ela me pediu para escrever sobre uma das minhas muitas paixões: cinema. Não vou me estender com descrições porque terei muito tempo para explicitar meus gostos e desgostos ao longo das postagens por aqui. Hoje vim fazer um convite a todos, um convite à 38ª mostra internacional de cinema.

poster38

A mostra consiste em uma época que inúmeros cinemas espalhados por São Paulo exibem variados filmes. Esse ano começou dia 16 de outubro e vai até dia 29 do mesmo mês. Ela nos apresenta novos diretores, novos filmes e filmes de difícil acesso (mesmo nessa era torrent).

Dentre as diversas apresentações especiais deste ano, destaco a retrospectiva em homenagem ao Pedro Almodóvar, diretor espanhol do filme Tudo sobre minha mãe, ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro. Inclusive, para quem não o assistiu ainda, pode conferir na mostra em diversos cinemas como o Reserva Cultura e o Cinemark Santa Cruz (você pode ver aqui)

Há muitos filmes estrangeiros inéditos que vocês não vão encontrar nos cinemas comerciais, vale a pena dar uma conferida. A mostra exibirá alguns filmes que estão representando seus respectivos países no Oscar, confira a lista aqui.

Claro, para quem quer assistir algo mais descontraído, ainda é possível aproveitar a mostra na cidade. São mais de 300 filmes à disposição. A mostra vai exigir Pássaro branco na nevasca, o novo longa da Shailene Woodley, a queridinha de A Culpa é das estrelas e Divergente. Assista ao trailer aqui, caso ainda não conheça o filme.

Também tem uma animação que parece lindíssima chamada Tia Hilda. O desenho é francês com traços simples que mostram um tema atual: preservação das plantas. Ainda dá tempo pra conferir (os horários estão aqui)

Portanto, não há desculpas para perder a mostra. As opções são diversas, a localidade diversificada, assim como os horários. Até mesmo a falta de grana não é desculpa, já que o CINUSP, cinema da USP, é gratuito para todo mundo e exibirá alguns filmes. Além disso, também terá filmes gratuitos no vão do MASP.

Espero que vocês gostem da dica e, se forem conferir a algum filme da mostra, comentem aqui para mim! Vou aparecer por aqui quinzenalmente às terças, então até daqui duas semanas!

Um beijo!


 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 13 de 13«1 ...910111213
 
ir ao topo