03 de nov 2015

hfgkhh

Vejo muita gente pedindo dicas de assuntos e temas para postar, porque as ideias acabaram. Mas o segredo é justamente não deixar as ideias acabarem, vou dar algumas dicas, obvias para alguns, mas que servem de incentivo para quem estiver perdido.

Fale sobre tudo que tiver domínio

Pense em tudo que sabe fazer e faça uma lista do que as pessoas podem querer aprender dentro disso, o que seria legal passar para as pessoas. É importante que você tenha domínio do assunto, saiba realmente do que está falando, sem enrolar.

  • Descubra novas atividades/interesses

Quanto mais coisas você conhece e aprende, mais conteúdo para seu blog. Isso inclui buscar referencia em livros, filmes, séries, músicas, exposições, etc.

Frequente grupos de interação

Conversando com as pessoas, você pode descobrir novos temas para falar, sem ter que perguntar a elas o que fazer, o mesmo vale para conversas com seus amigos.

Listas

É possível transformar coisas do seu dia a dia em temas, compartilhando com as pessoas. Séries, filmes, músicas e até mesmo presentes que você gostaria de ganhar.

Inspiração em datas

Faça um calendário de datas comemorativas, não só as principais, mas as mais legais, como o dia da amizade, o início da primavera, etc. Usando isso como tema, some com as habilidades que você já tem e crie algo diferente.

Procure tags divertidas/crie uma

Vários blogs criam tags que contam mais sobre os autores para os leitores, você pode aproveitar uma delas, ou escolher um tema que goste e inventar uma (cheque se ela já existe e não se esqueça de creditar).

Espero que tenha ajudado, beijo :D

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

27 de set 2015

fontsffff

Para algumas pessoas parece bobagem, mas é muito importante prestar atenção nos detalhes e as fontes fazem muita diferença no design das coisas.

Eu comecei a falar sobre fontes no post sobre layouts, hoje vou deixar alguns sites que utilizo para conseguir fontes legais e mostrar como se adicionar aos layouts do blogger.

Nós nos acostumamos com algumas fontes em nossa vida, que nos avisam o que as coisas são, antes mesmo que nós leiamos ou tomemos consciência da mensagem. Isso acontece muito com tipografias de marcas, como aparecem constantemente em comerciais e campanhas, nós reconhecemos mesmo inseridas em outros conceitos.

As fontes se dividem em famílias, classificadas por serifa:
Romana (clássica)
Romana (moderna)
Egípcia
Etrusca
Gótica
Manuscrita (Script)
Fantasia

Cada uma tem sua característica, não vou abordar diretamente, porque se não esse post mais ficar gigantesco, mas se tiver interesse em aprender, clique aqui para saber as diferenças delas.

Fontes Script (Manuscrita) e Fantasia são melhores para títulos que para textos. Quanto mais elaboradas, piores ficam quando empilhadas umas sobre as outras.

Fontes Lapidárias, as sem serifa, são as mais legíveis de todas, porem não muito indicadas para textos longos.

Fontes Serifadas são ideias para textos longos, por conta das astes os deixa mais leves e facilitando a leitura.

O importante no nosso caso, é garantir que as coisas sejam legíveis e que não incomodem os olhos. Mas tem coisas que nem todo mundo sabe, como por exemplo, que a fonte Comic Sans virou um tipo de piada por sua má utilização.

É preciso sentir a ocasião, pensar bem se aquela fonte se encaixa no contexto que você está colocando, se vai ficar agradável visualmente.

Indico os sites:

Dafont

 

O Dafont é o site que mais utilizo para baixar fontes, por causa da variadade, sempre que passo por lá saio com várias novas.

MyFonts

No MyFonts há uma variedade incrível de fontes pagas, para quem quer algo mais exclusivo.

Pinterest

É possível encontrar várias fontes legais no Pinterest. Várias divulgam suas postagens, com sugestões de fontes, por lá.

Como trocar as fontes no blogger

Fontes free, já com o código disponível, não são muito fáceis de encontrar, ainda mais para mim que não sei mexer dos códigos, mas quando estava no blogger, conseguia me virar muito bem trocando as fontes pelas do google. O google fonts tem vários opções que podem ser adicionadas diretamente nos códigos do blog.

Para começar clique aqui.

Clique em quick use (uma setinha pro lado) e escolha, assim que abrir, sua fonte, determine qual o modo que deseja usá-la, exemplo: Normal, Semi-Bold, Bold, etc.

Vão aparecer dois códigos, o de cima você precisa inserir depois do </b:skin>. Não é preciso apagar as fontes que já estão lá, desde que você troque no CSS pelas atuais, elas não vão atrapalhar. Na imagem abaixo dá pra ver o tanto de fonte que eu tinha no meu antigo layout (tentei não deixar tão bagunçado, apenas).

E o outro no CSS

Quanto a mudar as fontes no wordpress, eu ainda não aprendi, hahaha, quem fez foi minha designer, mas espero ter ajudado quem for do blogspot, beeijo.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

09 de set 2015

capa

Resolvi fazer um post só para ensinar a colocar esses widgets em específico, porque sempre esqueço onde eles ficam e assim eu mesma terei uma colinha para quando precisar, hahaha. Além disso, algumas pessoas já me perguntaram onde encontrar essas coisas, lembrando que nada é óbvio – sempre tem alguém que não sabe, portanto, útil, vamos lá!

Clica em leia mais para carregar o resto do post

Leia mais

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 3 de 6123456
 
ir ao topo