29 de nov 2017

Quando eu resolvi prestar mais atenção nas minhas roupas, não só de onde elas vem, mas o quanto eu pagava, quanto tempo elas duravam em relação ao preço e se eu realmente precisava ter tantas peças. Comecei a frequentar brechós, procurar peças chaves (atemporais, que combinem com a maioria das roupas) nas promoções de lojas e pensar muito nas minhas necessidades de forma que o consumo fosse feito de forma consciente, não comprar roupas só por comprar e depois acabar com o acumulo indesejado em casa.

Meu guarda roupa ficou menor. Desde então pesquisei mais sobre armário cápsula, opções de combinações possíveis, casar a imagem que eu tinha na minha cabeça com as peças que eu já tinha e as que eu ainda precisava encontrar. Pesquisando no pinterest e no youtube acabei encontrando várias formas inovadoras de usar peças de roupas e ideias de looks legais, fiquei fascinada com isso e comecei a juntar ideias, mas como criadora não podia deixar de compartilhar o desafio que isso é com vocês.

Já fiz alguns vídeos de looks para o canal (aqui, aqui e aqui) que vocês podem assistir, mas dessa vez passei para fotos, que pretendo postar no instagram com a #looksnãoobvios.

Montei 9 looks com 7 peças + acessórios e eram possíveis fazer mais looks ainda, mas gostei do número 9.

Escolhi peças com cores mais sóbrias para facilitar nas combinações, gosto bastante do jeans envolvido também, vai com tudo, até com ele mesmo, já se foi o tempo em que eu torcia o nariz para combinações de jeans com jeans, ainda que tenha dificuldade para gostar do estilo anos 2000, a moda já desenvolveu formas melhores de combinar os tons e conjuntos. O macaquinho é azul marinho, não preto como ficou parecendo, estou lutando comigo mesma para parar de usar só preto e cinza, o que tem a tentativa de encontrar minha coloração pessoal, mas conto isso em outro post.

Jaqueta jeans e shorts de tecido: C&A Macaquinho: Costureira Camisa: Saint Bernard (Guarda roupa da minha tia) Body de veludo: Forever 21 Saia em crepe: Lojas Renner Oxford de verniz: Via Uno

Nesses 3 primeiros looks o macaquinho foi usado, sozinho ou em sobreposições. Gostei do ar descolado que consegui ao colocar a camisa jeans por baixo e chic ao colocá-lo por baixo da saia, quando bolamos a peça na costureira, não imaginei que ele poderia ser tão versátil, estou muito satisfeita com o mesmo. E daqui ainda poderia sair a opção da camisa por cima do macacão, amarrada ou não e da saia como vestido tomara que caia, só de imaginar já fico empolgada para o próximo post desses.

Comprei esse shorts já pensando no investimento, porque ao contrário do macaquinho, imaginei que ele poderia ser útil para muitas ocasiões, no começo me senti a própria Dora Aventureira, mas aos poucos fui percebendo que ele vai com a maioria das peças que eu tenho, peça chave goals. Ele inclusive veio com um cinto marrom (que esqueci na casa de um amigo) que melhoraria o primeiro look, em que alias, fiquei MUITO impressionada como estou parecendo minha mãe mais nova nessa foto, nunca tinha conseguido ver nossa semelhança antes, hahaha.

Essa saia em crepe é outra peça incrível que vai com tudo e inclusive, depois de perceber o potencial da primeira, voltei na loja para comprar outra (preta), saias midi tem muito potencial, recomendo investir, assim como em uma jaqueta jeans, peça chave absoluta, assim como jaquetas de couro, vão com praticamente tudo. Mas precisamos falar sobre a última foto em que estou usando a camisa jeans como saia, resolvi inserir essa adaptação nesse post porque foi a primeira que vi enquanto pesquisava sobre outras formas de usar roupas e me apaixonei. Essa camisa é masculina, assim como a jaqueta jeans, GG, use o oversized a seu favor.

Vídeo montagem piscante que fiz no flipagram pra sobrepor os looks (alias, me sigam lá: faltouacucar).

Se você ainda está montando seu armário capsula ou lembrou de alguma peça chave que estava procurando, passa lá no Lounge A, um site de buscas que junta muitas (mais de 3.000) marcas em um só lugar, são mais de 500.00 mil peças e eles ainda te avisam, com o sale alert, sobre as promoções que aparecerem.

Espero que tenham gostado, beijo.

Esse post contém promoção paga, todas as opiniões expressas vão sinceras.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

21 de nov 2017

Se você é uma pessoa que surta facilmente com coisas fofas, se prepare, porque também sou uma dessas e foi difícil olhar todas essas coisas enquanto escrevo esse post e não fazer um estrago no cartão de crédito.

Como prometido no último vídeo sobre decoração lá no canal, vim mostrar algumas lojinhas fofas de itens variados, para comprar coisas de casa ou presentes pros amigos.

Daiso online

A Daiso é uma loja japonesa que aos poucos foi abrindo filiais por São Paulo, inclusive dentro de alguns shoppings, verifique se não tem em uma próximo de você. Os itens nessa imagem não são nem de longe os mais legais que tem lá, porém, são alguns que vendem na loja online (que tem menos opções). A maioria das coisas sai por R$7,99, meus itens favoritos são as gradinhas (organizadores) e velas.

Fancy Goods

NOSSA, não tem como exaltar apenas um item, eu quero a loja inteira. Sempre que vou a Liberdade e entro na loja física quase tenho um treco, é tudo lindo, fofo e divertido. Perfeito para presentes ou para encher sua vida de amor com tantos produtos legais. A loja online tem bastante opção, acredito que boa parte do que tem na loja se não tudo.

Miniso

A Love Miniso é uma loja de utilidades com muitas opções de produtos e os preços variam. Ela lembra a Daiso, porém os produtos não são iguais, então recomendo ir nas duas para conhecer todos os produtos. Não tem loja online no Brasil mas está abrindo várias filiais em shoppings, encontre a mais próxima.

Chiquita

Que fofura de loja! A Chiquita tem vários itens de cozinha e enfeites para festa, mas vi muito potencial para decoração da casa, encontrei vários itens fofos que queria ver por aqui e com um preço legal.

Haviam mais sites nessa lista, mas vou guardá-los para um futuro post com opções de planners. Bom, é isso, espero que tenham gostado, esse post foi breve, mas a frequência de posts aqui do blog aumentou, estou feliz com isso, ainda que um pouco cansada. Beijo beijo.

 

 

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

16 de nov 2017

Eu comecei um bullet journal no começo desse ano, que não deu certo, eu estava meio confusa com como era feito, não gostei de como ficou e acabei usando o caderno como sketchbook, desenhando, anotando ideias aleatoriamente e despejando o conteúdo que deveria ser do bullet em aplicativos.

Com o tempo cansei dos aplicativos e lembrei que registro melhor as coisas quando estão em papel. Então dessa vez me preparei, pesquisei um caderno que facilitasse os bullets, já que não me dou muito bem com réguas e encontrei pessoas que usam os dots, cadernos de pontinhos.

Esse caderno lindo é da marca paper talk, comprei na fancy goods. A capa é dura, a frase em rose gold é em baixo relevo. A primeira e ultima página são rosas. Tem um elástico para segurar a capa e outro na lateral para um lápis ou caneta.

Resolvi começar o bullet journal assim, no meio do mês, em Novembro para diminuir a ansiedade que sinto sempre que começo uma agenda. O começo do ano carrega tanta expectativa, além de ser um período muito ocupado, então porque não retirar essa carga?

Fiz as primeiras páginas e as páginas do mês de Novembro, seguem algumas fotos dos detalhes. Para ver tudo, com explicaçãozinha tem um vídeo no final do post. Espero que gostem! Me contem sobre as agendas de vocês.

Acabo de perceber que esse ‘ ali não existe, hahaha, vou mudar no bullet.

Ainda estou escrevendo a lápis porque me sinto mais confortável, espero logo ter confiança o bastante em não errar para escrever tudo de caneta.

As canetas que mais tenho usado:

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 6 de 48«1 ...2345678910... 48››
 
ir ao topo