14 de abr 2017

Ei! Aproveitando o feriado? Hoje eu tenho uma indicação muito boa para vocês! Os 13 Porquês (13 Reasons Why) se tornou um sucesso mundial, isso não podemos negar. Em qualquer lugar, em todas as redes sociais, fica impossível não ver algo sobre a série. Aliás, aqui no blog, a Bia (que me ajudou a fazer esse post), já fez um post com 13 razões para assistir 13 Reasons Why. Mas apesar de toda INCRÍVEL história, vocês prestaram atenção na trilha sonora? Sim, sou dessas que presta muita atenção na música de fundo, seja em séries ou em filmes. Recomendo, você pode conhecer músicas maravilhosas.

A cantora Selena Gomez é uma das produtoras da série e tem duas músicas na trilha sonora: uma versão inédita de “Only You” (cover de Yazoo) e uma versão acústica de “Kill ‘Em With Kindness”, do Revival. De Selena Gomez a The Cure, a trilha compõe bem a história dos adolescentes Clay e Hannah Baker. Espere músicas com pegada indie, pop calminho e rock gótico.

Como destaque principal temos “Love Will Tear Us Apart” do Joy Division. O clima desta música combinou com a série, com a melodia que mesmo sendo intensa, ainda traz calma. O primeiro trecho dela combina perfeitamente.

When routine bites hard / And ambitions are low / And resentment rides high / But emotions won’t grow / And we’re changing our ways / Taking different roads…

O trecho fala um pouco sobre a rotina, do dia-a-dia e do quanto isso pode ser ruim e corroer com tudo que sentimentos. Enquanto a Bia me ajudava com este post, ela indicou a música “Bored” da Billie Eilish. Até me deu a ideia de fazer um post sobre ela, porque já estou VICIADA!

Todas as músicas da série você pode ouvir na playlist abaixo! Agradeço a Bia por toda ajuda!

Se você quiser saber mais sobre alguma trilha sonora, comenta aqui que eu vou ler com muito carinho e faço um post muito especial!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

07 de abr 2017

Créditos: Just Jared Jr.

Fenômeno na internet, a história do grupo Pentatonix começou como uma brincadeira. Antes como um trio, foi formado pelos amigos Kirstie Maldonado, Mitch Grassi e Scott Hoying, ainda nos tempos de escola. Já na faculdade, Kevin Olusola e Avi Kaplan acabaram se juntando ao grupo. Eles possuem um canal no Youtube, onde apresentam seus vídeos cantando músicas de diferentes gêneros, com direito a música a capella (a maioria delas) e efeitos sonoros, como o beatbox.

Foi graças ao programa “The Sing-Off“, onde grupos a capella disputam entre si por um prêmio em dinheiro e um contrato de gravação, que o Pentatonix ficou famoso. Inclusive, eles foram os vencedores da terceira temporada (2011) do mesmo programa, ganhando um prêmio de 200 mil dólares e um contrato com a Sony BMG. Aqui no Brasil, o Pentatonix estourou com o vídeo “Evolution of Music“, lançado em 2013.

O Pentatonix tem uma lista de sucesso na carreira. Diversos prêmios, três Grammy’s Awards – sim, eles ganharam TRÊS vezes -, duas vezes, em 2015 e 2016, como Melhor Arranjo, Instrumental ou A Cappella e uma vez, em 2017, como Melhor Performance de Duo/Grupo Country (com Dolly Parton). Ah, também tiveram uma participação no filme “A Escolha Perfeita 2” (que tem foco na música a capella) e uma performance linda no The Voice (temporada 11), cantando Jolene com Dolly Parton e Miley Cyrus.

Entre as minhas versões favoritas estão: Problem da Ariana Grande, Radioactive do Imagine Dragons (que você pode conferir aqui no post), as evoluções musicais de Beyoncé e Michael Jackson e um vídeo especial dedicado ao grupo Daft Punk.

Você pode conferir algumas músicas do grupo (originais e covers), na playlist abaixo:

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

31 de mar 2017

Fonte: Warner Music Brasil

IZA é a nova aposta da Warner Music e tem tudo para brilhar!  A carioca Isabela Lima, uma cantora negra, que canta o empoderamento feminino, tem 25 anos e é formada em Publicidade e Propaganda. Até trabalhou como editora de vídeo, mas viu que o seu talento era mesmo a música.

Vinda de uma família de músicos, aos 23 anos percebeu que a Publicidade não era a sua paixão. Numa entrevista para a Capricho, ela afirmou que no momento da dúvida, começou a se questionar: “O que eu faria até de graça?”, e para ela, era a música. Foi então que ela resolveu largar tudo e ir para o Youtube, gravar covers das músicas que ela realmente gostava. Até porque, ela cantava na igreja desde os seus 14 anos e não era bem o seu estilo. As inspirações da artista não deixam dúvidas de sua visibilidade de mercado e influência: indo de lendas como Lauryn Hill, Tina Turner, Diana Ross e Stevie Wonder até mesmo cantoras que fazem grande sucesso atualmente como Beyoncé, Rihanna e Tinashe.

Além da música, IZA busca propagar o empoderamento negro e feminino. Em entrevista à Billboard, IZA revelou, sobre seu álbum: “Quando eu era mais nova, não tinha nenhuma referência de jovem negra para me espelhar. Tenho uma preocupação grande de levantar essa bandeira e expressarei isso nas letras, nos vídeos, no figurino.”

Hoje, a cantora tem 162k seguidores no instagram (@iza), uma música na trilha sonora de “Rock Story”, o hit “Quem Sabe Sou Eu” e o seu videoclipe “Te Pegar”, tem nada mais nada menos que 1.171.800 visualizações no Youtube – números verificados até o fechamento deste post. E nesse fim de semana passado, ela cantou no Miss São Paulo 2017.

Confesso que eu conhecia muito pouco  ou quase nada sobre a IZA e hoje virei fã. Ela tem tudo para crescer, e merece MUITO reconhecimento. Você pode conhecer (se inscreve também!) o canal da IZA, onde você encontra covers de Beyoncé, Adele, Rihanna e muitos outros. Ah, e você também pode conhecer as duas músicas de trabalho dela, na playlist abaixo.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 1 de 1212345... 12››
 
ir ao topo