13 de dez 2015

aeroporto viagem

Já contei nas redes sociais da vida, que vou viajar pela primeira vez sozinha. A viagem está chegando e estou começando a surtar, mesmo que não seja para fora do país, para quem é “do mato” como eu, é fácil perder a cabeça. Por isso fiz esse post, para lembrar a vocês e a mim mesma, essas dicas e manter a sanidade. :D

Faça listas
Ter tudo organizado, o que você já fez e o que ainda vai fazer, é o primeiro passo para quem é meio paranóico e tem medo do improviso. :)

Facilite o acesso a coisas que você sabe que vai precisar
Documentos, cartões, dinheiro trocado, chaves

Pense em todas as coisas que você pode fazer sem pedir ajuda
Tudo que você puder fazer sozinha com segurança, faça. Por isso é importante checar mapas, gps, saber onde está indo e o que vai precisar.

Peça ajuda
Se algum imprevisto acontecer, você se perder ou não tiver certeza, pergunte. É mais seguro perguntar para famílias e em bancas de jornal, veja se pode confiar em quem está perguntando, para não pegar caminhos errados.

Finja que sabe onde está e o que está fazendo

Se você fizer cara de perdida, fica vulnerável, hahaha, então finja que sabe para onde está indo, que faz esse caminho todos os dias.

Não deixe tudo de valor em um só lugar
Se estiver com algo de valor, proteja, mas não dê na cara o lugar onde está, batedores de carteiras e assaltantes estarão de olho. Por isso é importante espalhar seu dinheiro, coloque um pouco em cada canto, assim você sempre vai ter uma reserva.

Faça uma playlist anti-pânico
Músicas calminhas e relaxantes, geralmente indie folk, são ideais, principalmente porque não tiram totalmente sua atenção do que está acontecendo em volta.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

05 de fev 2015


 
Oláá, esse é o penúltimo post diário dessa viagem, essa madrugada pego o avião de volta para São Paulo, ufa! parece que durou tanto e foram só 18 dias. Voltei de Sertânia para Recife Segunda e pude ir a praia, duas na verdade, vou mostrar para vocês.
Alias, caso tenham se assustado com a foto, meu cabelo voltou totalmente para o loiro e ressecou bastante no mar, em casa eu dou um jeito.

Piedade

 

 
A primeira praia foi Piedade que fica em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife. Uma de minhas tias mora em frente e aproveitamos para passar o dia. O lugar é lindo e os Recifes aparecem quando a maré baixa, em compensação, levei tanto tanto tanto caldo quando a maré subiu que estou com o quadril ralado, hahahahahahahaha. Pra completar Iemanjá levou meu óculos, sempre perco algo para o mar, ainda bem que foi o falsinho de 15 reais.
 

Porto de Galinhas

Alice também foi 2

O que dizer dessa praia em que passei poucas horas e já considero pacas?

 
Essa é a praia mais maravilhosa de todas ever, a melhor em que já fui. Poucas ondas, águas cristalinas, areia fininha e tenho noção de que não vi nem metade de tudo que Porto tem a oferecer. Como final de viagem é complicado, estávamos meio quebradas e resolvemos gastar o mínimo possível, então pegamos um ônibus de R$2,45 que dava direito a 3 integrações e duas horas e 20 minutos de viagem depois chegamos.

Sinceramente, valeu a pena, só lamento não ter feito mergulho. :(
 

Só gostaria de adicionar que: Nunca vi tanta galinha na minha vida, orelhões, pedras, estátuas, chaveiros, garrafas, fantasias, mobiles, tudo, assustador!


 
Caso tenha medo de ataques de tubarão, se informe antes de vir as praias da região metropolitana de Recife, pois já houveram ataques e ainda apresentam o risco. Essa matéria da Mundo Estranho fala um pouco sobre.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

02 de fev 2015

Eu sempre quis ter um castelo, teve uma época, na adolescência, que eu cismei que construiria. Quando minha tia me falou do castelo, desconfiei. Nunca tinha ouvido falar dele, nem tinha planos de ir até Pesqueira, acabou que ontem, meu penúltimo dia aqui em Sertânia, demos um jeito.

Apesar de parecer afastado, o castelo é apertadinho entre as casas, mas é beem alto e dá para ver de longe. O dono é um comerciante cheio de criatividade e determinação, que apesar de ter um castelo, parece viver uma vida bem humilde.

A frente do castelo é uma explosão de cores e itens, fiquei até sem saber para onde olhar, são muitos leões e símbolos religiosos.

O castelo é fechado para visitações, mas vocês podem ver ele por dentro nessa reportagem aqui.
O que acharam?

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 3 de 512345
 
ir ao topo