10 de fev 2014

Recentemente tive uma conversa com um blogueiro cujo o blog tem como público alvo mulheres. Como li suas postagens, perguntei sobre a forma que seus posts eram escritos, parecendo sempre julgar as mulheres, generalizando e quase sempre chegando a conclusão de que teríamos que tomar cuidado para não virarmos piriguetes, sedentas de atenção, gordas, medíocres e alguns outros termos.

Pausa para o primeiro erro:
A generalização, quando você junta todas as mulheres no mesmo saco e passa a atribuir ações, qualidades e defeitos a elas por igual, você não está escrevendo para o público feminino em si, você esta escrevendo para um público machista, seja masculino ou feminino. Por que sim, existem mulheres machistas e conservadoras que ainda acreditam que temos que nos manter no “nosso” lugar.

Ele me explicou que seria pelo público alvo do blog, que as leitoras gostariam de saber sobre aqueles assuntos, acredito que não tenha entendido que me referi a “maneira de dizer”, não tinha nada contra os assuntos. Então ele disse, por exemplo, que uma mulher gostaria de ler sobre “O que fazer no primeiro encontro” e eu respondi que nem sempre. Nós estamos mais preocupadas com o que vestir e no que o cara vai fazer no primeiro encontro. Não que eles tomem todas as atitudes, porque isso caiu a muito tempo, mas porque da maneira dele lidar com diversas situações dependerá tudo, o sucesso desse encontro e todos os outros, se é que eles existirão.

Resumindo o porque eu contei tudo isso para vocês:

Ao longo dos anos vim escutando vários pontos de vista, sobre o que os homens acham que as mulheres querem, o porque delas agirem de tal forma e como isso os afeta. Infelizmente, muitos chegam a mesma conclusão, de que as mulheres são iguais e as tratam como se fossem, mas felizmente vou dizer o que as mulheres querem, acima de segurança, aventura, família grande, uma casa, um carro, uma carreira de sucesso: Respeito.
Nós queremos ser ouvidas e consideradas. Sim, nós podemos comentar sobre traições, gente vendida e exibicionismo, mas queremos ser eximias da culpa que nos foi imposta desde que nascemos por Eva ter mordido uma droga de maçã que nem sabemos se existiu.

Nada dita como realmente devemos agir e o que fazer, só quem tem o poder de fazer isso somos nós mesmas. Não importa o quanto seremos julgadas e qualificadas em subcategorias, somos o que somos e enquanto estivermos nos sentindo bem com isso, ok.

Espero que a pessoa com quem conversei entenda o que eu quis dizer com esse post e naquela conversa, e que a partir de hoje faça menos julgamentos inadequados sobre nós. Aos demais, não entendam esse post como uma indireta, tudo que eu disse aqui provavelmente foi dito no dia da conversa.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

07 de fev 2014

crédito: arrestedmotion.com

Bem, por onde começar?
Camille Rose Garcia é um pintora e escultora de Los Angeles.
Eu conheci o trabalho dela ao encontrar um livro ilustrado de uma maneira muito bizarra. Isso porque ela curte um estilo cartoon gótico meio assustador. Na biografia dela, diz que 6 anos na escola de artes a deixou desiludida e amarga.

As pinturas de Camille Rose Garcia mostrando cartoons assustadores de crianças habitando contos de fadas em lugares selvagens são comentários críticos sobre o fracasso das utopias capitalistas, reunindo referências nostálgicas da cultura popular com uma veia satírica sobre a sociedade moderna.

           Geração Editorial

Ela publicou três livros The Saddest Place on Earth, The Magic Bottle: A BLAB! Storybook, e Tragic Kingdom (capas abaixo) que não tem versão em português, mas podem ser encontrados na Amazon.

Comprei duas releituras de contos de fadas ilustradas por ela, Alice no pais das maravilhas e Branca de Neve, os únicos que encontrei no Brasil.

Tirei algumas fotos dos livros para vocês verem os detalhes:

Alice no país das maravilhas

Branca de neve

Mais algumas ilustrações:
Algumas pessoas tem tatuado algumas ilustrações, penso seriamente em fazer uma também.
Espero que tenham gostado, para mais entrem no site da Camille aqui.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

05 de fev 2014
Minha primeira tirinha, planos para muitas. Espero que tenham gostado, beijos.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 202 de 217«1 ...198199200201202203204205206... 217››
 
ir ao topo