06 de jan 2014

Por que tantas promessas?

Todo final de ano acontece algum fenômeno, onde a maior parte das pessoas fazem planos e criam expectativas de que tudo será diferente no ano seguinte. Começar um regime, escrever em uma agenda, largar dos vícios, gastar menos. Poucas semanas depois se esquecem ou percebem que os planos não deram certo, e por isso acabam se sentindo culpadas e depois deixam pra lá.

O ser humano tem essa constante necessidade de mudança e renovação, e quando as coisas começam a desviar para um rumo não desejado, as reclamações enchem o dia.

A virada do ano trás essas promessas, como se atravessássemos um véu mágico onde todos os problemas se amenizam e  temos a chance de tentar de novo, consertar as coisas e os erros não importam mais. A falha no plano está bem aí e todo mundo sabe disso, que apesar de toda a festa, a passagem do dia 31 para o 1º não é mágica. Nada acontece sem a sua força de vontade, então, levando em conta que tudo depende de você, que tal deixar para lá essa bobagem de começo de ano e começar a pensar que todo dia, você pode trabalhar na mudança que deseja?

Finalmente a primeira postagem do ano, desculpe a demora que nem mesmo eu consigo explicar, afinal tenho vários posts engatilhados.

Ps: A folha na foto eu tirei no começo de 2013, esqueci ela dentro de um dos meu sketchs e fiquei muito feliz por acha-lá perfeita  ♥

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
ir ao topo