16 de nov 2017

Eu comecei um bullet journal no começo desse ano, que não deu certo, eu estava meio confusa com como era feito, não gostei de como ficou e acabei usando o caderno como sketchbook, desenhando, anotando ideias aleatoriamente e despejando o conteúdo que deveria ser do bullet em aplicativos.

Com o tempo cansei dos aplicativos e lembrei que registro melhor as coisas quando estão em papel. Então dessa vez me preparei, pesquisei um caderno que facilitasse os bullets, já que não me dou muito bem com réguas e encontrei pessoas que usam os dots, cadernos de pontinhos.

Esse caderno lindo é da marca paper talk, comprei na fancy goods. A capa é dura, a frase em rose gold é em baixo relevo. A primeira e ultima página são rosas. Tem um elástico para segurar a capa e outro na lateral para um lápis ou caneta.

Resolvi começar o bullet journal assim, no meio do mês, em Novembro para diminuir a ansiedade que sinto sempre que começo uma agenda. O começo do ano carrega tanta expectativa, além de ser um período muito ocupado, então porque não retirar essa carga?

Fiz as primeiras páginas e as páginas do mês de Novembro, seguem algumas fotos dos detalhes. Para ver tudo, com explicaçãozinha tem um vídeo no final do post. Espero que gostem! Me contem sobre as agendas de vocês.

Acabo de perceber que esse ‘ ali não existe, hahaha, vou mudar no bullet.

Ainda estou escrevendo a lápis porque me sinto mais confortável, espero logo ter confiança o bastante em não errar para escrever tudo de caneta.

As canetas que mais tenho usado:

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 2 de 212
 
ir ao topo