18 de set 2017

Amo lettering, pesquiso bastante sobre como montar, caligrafias diferentes, qual combinaria mais comigo, porém não pratiquei o bastante para saber fazer ainda, hahaha.

Acompanho algumas pessoas que fazem e fico de cara com tanta coisa linda. Espero que gostem das indicações, que vocês conheçam essas artistas, se já não conhecem e quem sabe não se inspiram e encontram um novo hobbie.

Marina Viabone – Meu primeiro rabisco

Além de ser a pessoa mais criativa do mundo e humilhar a todos com suas artes geniais no instagram. Marina ainda tem um canal no youtube onde dá dicas incríveis sobre como começar, o que usar, como fazer, etc. Ela também vende workshops, vou mostrar alguns trabalhos dela para verem que não estou exagerando.

Instagram | Canal | Site

Juliana Adorno

Conheci a Juliana pelas ilustrações, mas ultimamente ela tem postado vários trabalhos dela com lettering, inclusive em chalkboards (lousas). Pisa menos Juliana.
Instagram

Se essas duas artistas maravilhosas não te inspiraram o bastante para pegar o material e começar a tentar fazer umas caligrafias lindas por ai, aqui vão mais algumas inspirações e tutorias que encontrei pelo pinterest:

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

04 de out 2015

mockup

Oi oi, resolvi fazer esse update só para explicar um pouco as mudanças do layout. Acho que a maioria se assustou quando entrou aqui, hahaha, do nada ele praticamente mudou a personalidade.

Bom, já faz um tempo que estava sentindo uma necessidade de mudar o blog. A paleta de cores que no começo parecia ideal para mim, começou a perder a graça e já estava até me parecendo infantil.

Eu amo a temática aquarelada, justamente pelo meu trabalho, tem tudo a ver com pintura e cores, isso me deixou encucada por um tempo, afinal, como mudar isso, sem tirar o sentido de arte e desenho.

Dai que surgiu a ideia do Ink. Que quer dizer tinta ou nanquim.

Se vocês seguem algum ilustrador nas redes sociais, devem ter percebido que vários fazem um projeto em que usam apenas o preto em suas artes (manuais), desenhos, lettering, etc.
Esse uso do nanquim, pensar nos respingos de tinta e ainda combinando a aquarela, foi a inspiração necessária!

E é por isso que a ilustração está apenas em traços, muito mais bem marcados que a anterior e o nome do blog, agora é lembra mais um lettering. Mas é claro que dizer que agora está gótico suave e bem mais “Faltou Açúcar”, já serve, hahaha. :D

header-2

 

Eu troquei as capas da fanpage e o facebook também, adequando ao mesmo layout, se quiser ver como ficou:

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

29 de ago 2015


Oláá, vamos para mais um post da série “Quero ter um blog”.
Hoje vou falar de design, lembrando que não vim cagar regra, adoro design, apesar de não ter me formado nisso (ainda, pretendo um dia) e curto um estilo mais livre – algumas pessoas usam inspiração como pretexto para copiar tudo de outro lugar ou de alguma tendência que tenha acabado de surgir.

Nós conhecemos o design de cada rede social e elas nos possibilitam aprender um pouco com isso, mesmo sem perceber. Lembrem-se quando o orkut trocou as letras estranhas por normais e depois quando ele começou a virar g+ e perdeu a característica azulzinha e foi ficando menos arredondado. Estranhamos os formatos do facebook logo que chegamos nele e ainda reparamos nas pequenas mudanças de design que eles tem de vez em quando.

Criar um layout pro blog/site é uma tarefa complicada, porque ele tem que durar um tempo, não é muito recomendável mudar toda semana. Acarreta grande carga visual, uma pessoa que conheceu agora seu blog, precisa se lembrar dele quando voltar daqui a uma semana, daqui a um mês. Por isso é importante que ele seja único, que tenha uma identidade visual.

Definições da Web
Identidade visual é o conjunto de elementos formais que representa visualmente, e de forma sistematizada, um nome, ideia, produto, empresa, instituição ou serviço. Esse conjunto de elementos costuma ter como base o logótipo, um símbolo visual e conjunto de cores.

O que é importante na sua identidade visual? que as pessoas reconheçam, o ideal é que elas olhem e já saibam o que é, sem ninguém precisar explicar. Vou dar um exemplo claro: Você reconhece a cor e os símbolos da Coca-cola, Mc Donalds, em qualquer lugar, mesmo quando o nome da marca não está escrito ao lado.

Por isso é importante traçar tudo que você quer e precisa expressar com sua identidade. É assim que o logo nasce e todo o resto deve acompanhar/casar.

Cores


É importante ter uma paleta de cores pré determinada para que o layout fique mais harmonioso. Imagina um layout com mil cores diferentes, nos boxes, menu, títulos, textos, fica uma bagunça. Pode acontecer das pessoas sentirem incomodo ao olharem e isso diminui o tempo de permanência delas no blog.
Acredito que as cores podem ser conciliadas (sempre uso no máximo 5), claro, cores que não briguem e é importante decidir onde as cores mais escuras vão ficar, se haverá sobreposições, o que deve ter destaque, etc.

Dica: Tente não colocar preto. Use um tom próximo, como um cinza bem escuro, o preto pode causar irritação. Isso também serve para outras cores vivas demais, usadas de forma chapada assim, vermelho, rosa choque, verde, tons florescentes ou muito fortes.

Há sites com paletas de cores prontas e formas de você estudar se as cores que você quer, formam uma composição agradável, olhando a própria escala cromática. Exemplos que uso:


Colour lovers – Color Trends

Color scheme design ou Paletton

Siga a mesma linha / Estilo


Tente estabelecer um padrão, já na identidade visual, para seguir, se fez uma curva em um box, faça em todos. É possível misturar estilos, como flat e aquarela, desde que não exageradamente e que se siga o padrão. Se você vai utilizar um tipo de ilustração no cabeçalho, tente seguir o mesmo padrão no resto (ícones, assinatura, etc).

Menos é mais
É o que dizem, tudo que é demais estraga, se não há como harmonizar, deixe o mais clean possível.
Muitas vezes

Espaçamento / Distribuição de elementos

Essa parte é bem mais clara para pessoas perfeccionistas ou com mania de organização. Nem todo mundo consegue perceber de olho se alguma coisa está torta, por isso é preciso ter atenção, usar uma régua para medir se for preciso.

Nessa questão de alinhamento, não é só centralizar que tudo fica bem. É preciso haver respiro, que os textos e ícones não estejam colados nas bordas das caixas.

Fontes

Eu vou parando por aqui, porque quero fazer um post só para explicar e indicar fontes para vocês, vou falar o básico.
Não use muitas fontes em um mesmo lugar. Em um layout, no máximo três e isso se duas delas forem da mesma família.
Fontes script ou fantasia, são preferíveis em títulos.
Fontes com serifa, são melhores de se ler em textos.

É muito importante que a fonte dê leitura. Isso não pode ser levado tão literalmente, com muito esforço é possível ler uma font muito zoada, mas a intenção é que esse esforço não seja necessário. Por isso escrita branca ou vermelha, no preto chapado, não dá leitura, incomoda.

Busque referencias


Para vencer o bloqueio criativo e garantir que ideias legais vão surgir, busque referências. Procure trabalhos de outros designers, layouts, infográficos, prédios diferentes, observe até mesmo a natureza, tudo é válido.

Além do próprio google, uso o Behance e o Pinterest.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 1 de 212
 
ir ao topo