16 de jan 2018

Engraçado que a essa altura não sei se quem me acompanha aqui no blog são as mesmas pessoas que me acompanham no canal, mas de qualquer forma, filmei partes da viagem e vlog sairão por lá, porém, algumas coisas não contei por lá, especificidades e coisas que achei que poderiam gerar confusão.

Essa viagem para Ubatuba só aconteceu porque outra viagem deu errado, aquela que comentei tantas vezes no instagram e canal, para Pernambuco. Originalmente só minha mãe iria para Pernambuco visitar a família, eram as férias dela, depois de 3 anos, ver no que podia ajudar com os problemas de saúde, entre outras coisas, mas ela quis que eu fosse, então comecei a pesquisar passagens.

Junto conosco iriam também minha tia e primo que vivem em São Paulo, as passagens para 30 de Dezembro foram compradas em Setembro, pela minha tia mesmo, já que usamos o cartão dela para pagar e ela conseguia achar passagens baratas que não apareciam para mim. Parecia estar tudo certo, mas quando fui verificar, já na semana da partida (Era dia 26 de Dezembro), percebi que as passagens foram compradas invertidas, ao invés de São Paulo > Recife, Recife> São Paulo.

Resumindo o resumo: Cancelamos as passagens, porque tão em cima já não valia mais a pena tentar, ninguém chegava a um acordo.

Passamos o ano novo em casa, o que acho um pouco triste, mas consegui fechar uma estadia mega barata em Ubatuba, numa kitnet legal, pra salvar pelo menos um pouquinho das férias da minha mãe. Leitores antigos e fieis se lembrarão que já fui lá uma vez visitar a Camila Nogueira, minha amiga do cabelo colorido. Graças a Camila e a família dela, essa viagem foi muito enriquecedora. ♥

Mas vamos começar pelo começo!

Quando penso em como foi complicado chegar lá fico impressionada por ter feito isso, mas ainda assim, satisfeita com o resultado. Moro em Cotia, então para chegar lá peguei, um uber até o centro de Cotia, um até o Butantã, metro até o Tietê (fui pro lado errado claro, tive que voltar), um ônibus de viagem até Caraguatatuba e um de lá outro para Maranduba em Ubatuba, onde ficamos. Sai de casa 8 da manhã e chegamos as 18:00 lá, por conta do transito. A mala estava pesadíssima porque levamos até coberta e travesseiros, fora roupa para as duas, viajar é perrengue mas dá gosto de fazer.

A Camila e o André (namorado dela) foram nos buscar de bike na chuva no último ponto de ônibus e andamos até a pousada.

Surpresa! Pontinha que balança, cabos de aço porém madeira podre.

Parecia uma casinha de bonecas, ainda estou apaixonada.

Fomos a praia de Maranduba no dia seguinte, que é linda, porém pela alta concentração de pessoas, logo fica contaminada porque a natureza não tem tempo para se recuperar.

Ainda assim, mesmo não ficando tanto tempo na água, sentar na areia ou grama próximo a praia e aproveitar a maresia é uma delícia. ♥

Até o próximo post, beijos.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

07 de ago 2016

Oi, finalmente um vlog de viagem descente, amei fazer, então mais virão. :D

Se inscreva no canal para não perder nenhum vídeo! <3

E bônus das fotos que restaram! ♥



Fiquei impressionada com quantas montanhas, mega altas, a vista

Essa casa foi construída para uma novela (ou algo assim) e foi abandonada quando não deu certo. Agora tá virando pousada, pelo jeito.

Rê Vitrola ♥

Camilinda

Me contem se gostaram, se conhecem Ubatuba ou gostariam. ♥

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

04 de ago 2016

Oi gente, quem me acompanha nas redes já sabe, que fui passar um fim de semana em Ubatuba, com a linda Camila Nogueira do Apenas um Hobbie e desde que cheguei em casa estou num dilema do que postar primeiro, porque foram muitas fotos e também o vlog (que tá muito legal, sério, deu orgulhinho). Então resolvi que as fotos das Ruínas da Lagoinhas, amei tanto que senti que precisavam de um post para elas, foi quase um ensaio fotográfico.

Fomos logo de manhã e o clima de bosque encantado me ganhou já na entrada. As ruínas ficam no bairro de Lagoinha, por isso o nome (dã) e são o que restou da primeira fabrica de vidro da America latina (Clique para saber mais sobre a história), elas se integraram com a natureza em volta e criaram um clima mágico, imaginei várias coisas para o lugar, ensaios, vídeos, filmes, queria muito poder morar perto. Ainda dá pra ver os pedaços de conchas moídas usadas na construção das paredes.

Espero que gostem e consigam captar a magia que senti por lá. ♥ :D

Como são muitas fotos, clique em leia mais :D
Leia mais

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 1 de 41234
 
ir ao topo