09 de jan 2016

poltergeist de enfield

Eu sou muito fã de “Invocação do mal”, realmente fico super curiosa com os casos dos Warren, já falei aqui no blog sobre as histórias em que se basearam o primeiro filme (Harrisville Haunting), “Horror em Amityville” e Anabelle (clique para ver o post). O novo filme Invocação do Mal 2 (The Conjuring 2) chega aos cinemas dia 10/06 e foi também baseado em uma história real, o Poltergeist de Enfield.

O Poltergeist de Enfield, foi o nome dado para as atividades de aconteceram entre 1977 e 1979 em uma casa na cidade de Enfield, Inglaterra.

A família que morava na casa, era formada por Peggy (mãe solteira) e seus quatro filhos Margaret, Janet, Johnny e Billy. Muitos dos acontecimentos envolviam as crianças, principalmente, Margareth e Janet de 13 e 11 anos.

Tudo começou com as crianças relatando a mãe que os móveis se moviam sozinhos e que ouviam batidas nas paredes. Depois de um tempo as manifestações se expandiram a vozes demoníacas, barulhos altos, pedras e brinquedos sendo atirados, cadeiras viradas e crianças levitando.

Há fotografias mostrando momentos em que as meninas flutuam pela casa e gravações de áudios que os investigadores fizeram na casa (que eu não tive coragem de ouvir inteiros, mas se clicar aqui pode ir até eles)

O caso foi investigado pela Society for Psychical Research e alguns dos acontecimentos foram comprovados como falsos, o que foi explicado pela família como uma forma de testar os investigadores, saber se eles sabiam ou não distinguir o que era real. Depois de adulta Janet disse ter falsificado 2% dos eventos.

Ed Warren chegou a dizer que Janet estava possuída, por flutuar durante o sono e porque as vozes demoníacas ouvidas, aparentemente, virem dela. Janet chegou a relatar que sentia uma presença atrás dela o tempo todo.

Esse vídeo conta mais sobre a atividade, com fotos, vídeos e textos, para quem souber inglês é uma boa:
 


 
Vários filmes de poltergeist se basearam de alguma forma nesse caso, incluindo “Poltergeist, o Fenômeno” de 1982, o qual a refilmagem foi lançada uma nova versão em 2015.

Aqui vai o trailer de Invocação do mal 2, boa sorte, não olhe para trás:
 


 
Fontes: 1, 2, 3 e 4

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

25 de set 2014
1

Nome: O Fantasma de Anya (Anya’s Ghost)
Autora: Vera Brosgol
Editora: Jangada
ISBN: 9788564850323
Número de páginas: 224

Como sou super protetora com vocês, vou novamente esconder a sinopse cheia de spoilers, hahahha. Me agradeçam depois!

 

Atribuí: 3
Olá, vim apresentar mais um HQ para vocês.
Nunca fui de ler muitas histórias em quadrinhos (tirando turma da Mônica e um pouco de Naruto), mas quanto mais me aprofundo na ilustração mais tenho vontade de ter trabalhos de outros artistas guardados.
Confesso que novamente me deixei levar pela capa e adivinhem, o conteúdo não decepcionou.
O livro conta a história de Anya, uma adolescente russa nos Estados Unidos.
Meio crisada, já começa o livro de dieta e luta para se integrar na escola. O problema dela é o mesmo que eu passei no ensino médio, sim, aquele negócio do bulling e de tentar mudar para ser aceita.
Um belo dia, depois de pagar um mico colossal por ser ingênua ela se afasta do ponto de ônibus e cai em um buraco. Fim!
Ok, mentira, ela cai no buraco e encontra a fantasminha Emily e é aí que tudo começa a mudar!
Emily começa a “ajudar” Anya na escola (colando nas provas) e a conquistar o carinha perfeito (que já é comprometido).
Anya também tem uma melhor amiga revolts e confesso: pensei que era um menino até quase o meio do livro.
2
O livro tem quase uma “moral da história”. Que é, resumindo, não deixe de ser você mesma por causa dos outros, pare de desejar ter a vida de outras pessoas, você nem mesmo sabe como realmente é.
Ah, tem também uma espécie de “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”, mas chega, sem spoiler, hahaha!
O papel das páginas é como o de revista, só que com a gramatura um pouco maior, mas ainda assim tem que tomar bastante cuidado na hora de virar. O livro é todo em tons de roxo, mas por um momento me perguntei se inicialmente a intenção era ser preto e branco, seja lá o que for, o resultado ficou lindo.
4 3
Descobri que a autora, Vera Brosgrol, é uma premiada cartunista e animadora russa e emigrou para os Estados Unidos quando pequena, ou seja, ela baseou a história de Anya em sua própria. Fiquei muito feliz ao encontrar o blog dela e descobrir ainda mais ilustrações lindas.
Blog da Autora

Comprei esse livro na Bienal, saiu por R$ 19,00, e até o presente momento está por R$ 19,90 no Submarino.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
ir ao topo