14 de dez 2015

indicação filmes

Tá sem nada para fazer e quer ir ao cinema? Esses foram os últimos filmes que assisti, porque todas as vezes que fui tentar ver Jogos Vorazes, deram errado e precisei de outras opções, hahaha.

O ultimo caçador de bruxas

 

 
Não sei porque, tenho uma coisa com o Vin Diesel, acho ele awesome nos filmes de ação, mas não tenho muita paciência para assistir esses filmes. Agradeço a pessoa genial que misturou ele com o sobrenatural, hahaha. Gostei bastante do filme, acho que vale a pena assistir.

Atividade Paranormal – Dimensão fantasma

 

 
Sou muito fã da série Atividade Paranormal, estava muito ansiosa por esse filme, fiquei meio decepcionada, mas para quem gosta, não importa. Assistam, ainda tem uns sustos para levar, hahaha.

Como sobreviver a um ataque zumbi

 

 
Confesso que nunca assistiria a esse filme sozinha, mas no dia que fui ao cinema estava com meu grupo da faculdade e com os amigos tudo é mais engraçado. Tem umas cenas muito absurdas, até ofensivas, bem besteirol.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

19 de set 2015

TERRO
E lá vamos nós para mais um post sugerindo filmes de terror. Achei que esses valem a pena ser indicados, alguns por serem bons e outros por conta da repercussão.

The Gallows – A forca

Foi desse filme que surgiu a brincadeira Charlie Charlie. Pra ser sincera, não me assustou, acho válido assistir com os amigos e dar umas risadas.

Unfriended – Amizade desfeita

Esse filme me surpreendeu, li críticas sobre a história, mas pra mim, a forma como foi construído o próprio filme, a interação digital das cenas, valeu a pena assistir.

It Follows – Corrente do mal

Levei uns sustinhos legais nesse filme, hahaha, achei bem diferente, acho que vale a pena assistir.

8213 Gacy House

Outro filme para rir. Pessoas investigando atividades paranormais, já se tornou clichê, mas pra quem gosta do estilo é válido. Recomendo assistir com os amigos, novamente.


Espero que se assustem bastante ou pelo menos se divirtam, hahaha. Agora, não olhe para trás!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

01 de set 2015

Olá, pessoal!

Foi muito difícil achar um tema para o post de hoje. Por isso, peço desesperadamente por temas (comentem lá embaixo)! Isso me fez refletir em como é difícil ser escritor e depender unicamente da inspiração. Imaginem a pressão?! Pois é! Selecionei, então, alguns filmes que retratam mais ou menos a vida de um escritor. Obviamente, não é tão recheada de mortes assim (spoilers, ops), mas já dá para ter uma ideia.

O Iluminado

Começo com o mais extremo, O Iluminado, 1980, de Stanley Kubrick, é baseado no livro de Stephen King e mostra a história de Jack, um escritor que é contratado para tomar conta de um hotel. Ele vai com a sua família para o hotel e aproveita o exilo para escrever um grande romance, seu sonho. A única forma que consigo explicar o filme é que “coisas estranhas acontecem” (quem não assistiu, assista). Dentre as inúmeras bizarrices, Jack se sente muito pressionado com o livro que está escrevendo e acaba, no final, só escrevendo a famosa frase “all work and no play makes Jack a dull boy” (só trabalho e sem diversão faz Jack um bobão – tradução livre).

Janela Secreta

Johnny Depp já interpretou vários escritores, mas dou destaque a Mort Rainey de A Janela Secreta, de 2004. Ele é um escritor que após se separar da esposa devido a uma traição, se exila a fim de tranquilidade. No entanto, obviamente, ele não consegue essa paz porque um cara, John Shooter, o acusa de plágio. A atuação do Johnny tá fantástica (sou muito fã) e tem um plot twist bem bacana nesse filme. Assistam!

Simplesmente Amor

Eu sei que já mencionei esse filme no post de natal (para quem não viu, clique aqui), mas como tem inúmeras mini histórias, vou repeti-lo aqui. Simplesmente Amor, de 2003, retrata a história de diversas pessoas semanas antes do natal. A que eu quero dar destaque hoje é a do Colin Firth, que interpreta Jaime que, após pegar sua esposa com seu irmão, tira umas férias no sul da França para escrever. Ele se apaixona pela empregada do lugar, Aurélia, que é portuguesa, mesmo sem conseguir conversar com ela, já que ambos não sabiam a língua materna do outro. A cena final dele é lindíssima, pessoal, um britânico arriscando um português é lindo demais.

Adaptação

Eu sei, eu sei. Não dá para levar a sério um filme do Nicolas Cage, mas calma! Adaptação, 2002, é um ótimo filme! Nele, ele é um roteirista que precisa adaptar para o cinema o romance escrito pela personagem da Meryl Streep. Ele tem que lidar com muitas dificuldades, não só na adaptação, mas também com seu irmão gêmeo que o atormenta. As personalidades dos dois irmãos são bem diferentes e Cage consegue distinguir os dois muito bem. Vale a pena.

Ruby Sparks

Para fechar, um filme indie bem gracinha. Ruby Sparks, de 2012, retrata a história de Calvin, que tem dificuldades para escrever seu último livro. Devido a problemas em encontrar uma garota na vida real, ele cria uma fictícia. O problema é que ela deixa de ser somente imaginária. Ah, preciso avisar que o final desse filme é meio perturbador. Quem ficou curioso, corre para assistir e comente suas impressões comigo!

É isso, pessoal! Espero que esse post inspire alguém (há!)

Até a próxima!

Beijos!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 3 de 41234
 
ir ao topo