13 de jun 2016

Ultimamente tem acontecido um fenômeno comigo, tenho gostado bastante das tendências, o que era anormal acontecer, talvez até mesmo pela falta de identificação que rolava. Porque eu via as meninas magras usando e pensava “nelas fica bom, mas em mim…”, o que mudou é que hoje, me importo menos com o que vão achar e dou mais atenção a como me sinto com determinada roupa.
Chegou a rolar até um momento mãe dinah, previ umas tendências, procurei pra comprar, não achei, esqueci e poucos meses depois, assistir pipocar em toda parte.
O que é mais legal das tendências recentes? Os anos 90 finalmente chegaram para dar um “oi, quanto tempo” bem dado, independente do olhar torto de alguns.
O primeiro pé na porta foram as chokers, que incomodaram uma galera, bora relembrar todas as tendências que passaram, voltaram ou estão chegando.

Como são muitas, juntei tudo e no final chamo atenção para as principais. Resumindo é praticamente um jogo dos 7 acertos nas fotos das Spice Girls e alguns outros ícones populares na época, como a Drew Barrimore, Jennifer Aniston (como Rachel em Friends), Sarah Michelle Geller (como Buffy), Winona Rider (em tudo que é filme da época), Sarah Jessica Parker (como Carrie em Sex in the city), Liv Tyler (Por Empire Records, existir e ser linda), etc. As fotos foram retiradas de séries, filmes, revistas e passarelas.

anos 90

A pegada grunge é gritante e ainda bem, porque é o estilo que eu mais curti nessa época e que devido a diversidade permite que tantas combinações diferentes sejam feitas, seja vocês gótica suave ou não.

Plataformas – Creppers – Tênis esportivo – Gladiadoras: Já faz um tempo que as gladiadoras começaram a pipocar por ai e assim como os outros dois tipos de calçados, é 8 ou 80, ou você ama ou odeia. Apesar de não ser fã das gladiadoras, sou louca pelos creepers e plataformas, principalmente porque tenho dificuldade com saltos não retos. Quanto aos tênis mais esportivos, sou fã pela questão de conforto, sempre tive um pé no street style, ainda que não curta os tênis de corrida.
Chokers e gargantilhas: As chokers chegaram no melhor estilo plastico trançado e foram se atualizando, exatamente como nos anos 90, agora o que mais vemos são os cordões de veludo super confortáveis com pingentes.
Croppeds: Amo croppeds, acho que nunca vou ter o bastante. Os modelos camisetinha e de alças eram os mais usados, mas há uma infinidade de estilos de cropped, de mangas compridas, camisa, de amarrar, combinações infinitas, pra todos os gostos.
Cintura super alta: Eu sempre gostei de modelos que marcassem mais a cintura alta que baixa e ainda bem que a moda voltou, porque era bem complicado encontrar calças com a cintura tão alta quanto eu gosto sem que tivessem quinze mil botões ou strass.

anos 90s

Vestidos longos – Saia midi – Saia com botões na frente: Saias rodadas e vestidos confortáveis, voltaram para nós, tenho a impressão que hoje em dia demonstram um pouco mais de atitude que antes, talvez seja em conjunto com maquiagem e cabelo, mas isso vai ficar para um próximo post.
Cadarços e ciganinhas: Ambos dão um ar romântico ao look, lembra aqueles modelos de época e começaram a aparecer novamente com a moda Boho.
Patchs e bottons: Estou super empolgada que os patches estão voltando, os mais legais pararam de ser fabricados. Eles servem basicamente para personalizar mochilas, calças, bomber jackets (aquelas jaquetas que parecem de aviador), tudo que a sua criatividade deixar.
Saias de tule: Quem ai já sonhou em ser bailarina (mesmo nunca tendo se inscrito em aulas nem nada). o/
Seja num estilo Barbie ou Princesa Punk, sempre curti essas saias de tule. Houve o tempo em que eu não teria coragem de usar, mas ainda bem, foi uma das coisas que o blog desbloqueou em mim, ser feliz usando o que eu quero, independente do que vão falar/pensar.
Sobreposições: Sobreposições de camisas de gola por sweaters e camisetas com vestidos de alça já foram avistados (lembram do look da Selena no Met Gala 2016?), acho um convite a versatilidade, afinal de contas, você pode transformar qualquer look com uma sobreposição bem feita. ♥
Macações – macaquinhos – Jardineiras: Seja jeans ou tecido, os modelos são super confortáveis e podem ser combinados com praticamente todos os tipos de sapato, além de alongar a silhueta.

tudo2

Esportivo: O estilo esportivo segue o street style e o college, quase que se fundindo, mas chama as cores e uma pegada academia.
Veludo molhado: O veludo voltou pra esquentar a gente, em espessuras diferentes, inclusive de tecidos que apenas imitam o veludo (como o chenille). Blusas, calças, bolsas, tá tendo de tudo e provavelmente vai continuar ano que vem, então fiquem de olho.
Blusa amarrada na cintura: Quantas blusas não perdi na infância, querendo ser descolada? kkkkk. Pra mim ainda é o mesmo conceito de “largado cool”, ainda mais se a blusa é xadrez, que nunca sai de moda (assim como listras, pie de pole, etc).
Meias aparecendo – 7/8 – Botas over the knee: Acho que essa é a única tendência que anos atrás eu não adotaria de forma alguma e hoje em dia penso “hmm, quem sabe”, principalmente por inspirações asiáticas que tive recentemente.

Agora me contem o que usariam e se lembram da época em que usavam tudo isso.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

06 de out 2015

Olá, pessoal!

Hoje vim falar sobre moda e em como você, mulher, deve se vestir. Sabe aquele vestido curto? Então, jogue fora igual aquelas pessoas fazem em O Esquadrão da Moda (nem sei se ainda passa). MEU DEUS, NÃO! Só de escrever duas linhas disso já me revoltei. ‘bora vestir o que quisermos!

Brincadeiras à parte, hoje o post é sobre filmes que abordam o mundo e sobre aquelas pessoas que vivem acerca da moda.

Cinderela em Paris

Embora a Andrey Hepburn tenha virado o ícone da moda que é hoje graças ao Bonequinha de Luxo, escolhi o Cinderela em Paris, de 1957, porque é explicitamente sobre o tema. Fred Astaire é um fotógrafo de moda à procura de um novo símbolo para uma revista. Durante um ensaio fotográfico, ele vê o rosto da personagem de Audrey Hepburn e logo a pede para ser sua modelo. Ela não aceita muito bem a ideia por ser uma simples balconista, mas após alguma insistência, ela concorda em ir à Paris para fotografar. O filme é uma delícia para assistir, gente. Audrey Hepburn como sempre esbanjando fineza e o Fred Astaire tá fantástico também!

Sex and the City

Creio que depois de seis temporadas de Sex and the City, qualquer comentário sobre a história é desnecessário. O filme é de 2008 e se passa após a série, ele continua no ponto de vista da escritora de moda Carrie Bradshaw que, junto com suas amigas tão bem conhecidas, Samantha, Charlotte e Miranda, ainda tem muitas aventuras para contar envolvendo homens, todas sempre vestidas com as melhores roupas. Eu acompanhei pouco a série, mas sempre me divertia muito. O filme é bonito visualmente e tem uma mensagem super legal sobre amizades.

Brüno

Vamos às polêmicas! Vocês conhecem o Sacha Baron Cohen? Ele ficou famoso como Borat! Em 2009, ele incorporou (para dizer o mínimo) um apresentador sobre moda, Brüno. Ele almeja ser famoso e, para isso, viaja ao redor do mundo, claro, sempre fazendo suas críticas sociais com uma grande pitada de humor. Tem pessoas que não gostam do humor escrachado do Sacha, eu adoro!

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

Há em todos nós um pouco de Becky Bloom, acreditem! Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é de 2009 e é baseado no primeiro livro da série da Sophie Kinsella, que aliás, estava no Brasil recentemente. Becky é uma jornalista que almeja trabalhar em uma revista de moda e é obcecada por compras, mas seu vício chega no limite diversas vezes. Ela mente para um cara, interpretado pelo britânico Hugh Dancy, para conseguir comprar uma encharpe! Eu confesso que fico com muita raiva das mentiras e extrapolações que a Becky faz para comprar alguma coisa, mas é divertido de assistir. Só tomem cuidado para não se inspirarem nela, gente!

Yves Saint Laurent

Um filme mais recente, de 2014, Yes Saint Laurent retrata a biografia do estilista de mesmo nome. O filme se passa em 1957, quando Yves se junta com seu namorado Pierre Bergè e criam a grife. Ele em si tinha muitos problemas internos, mas mesmo assim conseguiu revolucionar o mundo da moda. Ano passado estavam comentando bastante sobre esse filme e a atuação do francês Pierre Niney no papel de Yves, vale a pena conferir!

Eu não gosto de repetir filmes nos meus posts aqui no blog, mas não poderia deixar de comentar sobre Coco antes de Chanel, de 2008, que tem Audrey Tatou no papel da estilista. Para quem quer saber um pouco mais, confere nesse post sobre mulheres aqui. Também não poderia deixar de fora O Diabo Veste Prada, de 2006, onde a personagem da Anne Hathaway começa a trabalhar em uma revista de moda. Tenho certeza que vocês conhecem esse filme, mas caso queiram ver o post que falei dele, o link é este.

É isso, pessoal!

Os profissionais do meio são respeitadíssimos assim como em qualquer outra profissão. É escolha nossa aderir ou não as tendências da moda. Não esqueçam que o mais importante é se sentir confortável com a roupa que está usando, sem se importar com julgamentos alheios.

Um beijo e até a próxima!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

15 de jul 2015

Esse look é muito especial por motivos de:
Primeiro look com o cabelo cacheado e ainda não sabia como as fotos ficariam.
Engordei muitos quilos – não sei quanto, pois não me peso, mas tenho certeza – e estou com certa dificuldade em me acostumar com isso.

IMG_6158

Fui com a Simone e a Amanda bater perna na Av. Paulista e sempre que estou por lá quase morro de tanto andar, logo vou postar o restante das fotos do dia, foram muitas, como sempre.

Algumas fotos são do Parque Trianon e outras do jardim da Casa das Rosas.

Essa calça cintura super alta (não fui eu que disse, tava na etiqueta, hahaha) é sensacional! Muito confortável, apesar de eu estar em um período completamente sem cintura.

Esse anel estava por R$9,90 na renner, dá vontade de usar o dia inteiro. <3

Blusa: Forever 21
Jaqueta Varsity: tng
Calça cintura super alta: Renner
Tênis: Moleca
Anel: Renner
Brinco: Ebay
Batom: Quem disse benenice?

Look ilustrado <3
Sério, tá liberado sentir orgulho de si mesmo? Eu amei essa ilustração!

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 1 de 3123
 
ir ao topo