05 de dez 2014

Hello! No post de hoje vou listar alguns lugares que visitei durante o período em que estive em Malta. Infelizmente, dois meses não foram suficientes para eu visitar tudo que eu queria, ficaram faltando alguns lugares na minha lista, mas ainda assim visitei lugares maravilhosos e que, se você tiver a oportunidade de ir pra Malta, go! Junte suas moedinhas aí e anote:

MDINA – A cidade silenciosa
Morri de amores por essa minúscula cidade com arquitetura medieval, andar por suas vielas faz você se sentir dentro de um filme! As portas coloridas, as imagens e cerâmicas de santos ao lado de quase todas as portinhas, as janelas, tudo tudo tudo <3 Você se pergunta como um celular pode estar funcionando naquele lugar tão…antigo! Sendo assim tão linda e encantadora, Mdina já foi cenário de alguns filmes e séries, como Game of Thrones.

O Portão de Mdina.

O Portão de Mdina.

As vielas de Mdina são apenas fascinantes. Na foto, com minhas flatmates.

As vielas de Mdina são apenas fascinantes. Na foto, com minhas flatmates.

O que eu mais gostava na Cidade Silenciosa eram os seus pequenos detalhes.

O que eu mais gostava na Cidade Silenciosa eram os seus pequenos detalhes.

BUGIBBA
Ouvi boatos de que Bugibba tem o pôr do sol mais lindo de Malta. Infelizmente no dia em que fui lá, o céu não estava tão limpo e o sunset não foi o mais maravilhoso que vi na ilhota, mas ainda assim, eu amei aquele lugar. Além disso, Bugibba é conhecida por ser o lugar mais em conta para se comprar souvenirs em Malta!
IMG_6158

COMINO ISLAND
A menor das três ilhas maltesas foi set do segundo filme A Lagoa Azul. Ela não é uma ilha habitada, mas está sempre lotada de turistas e é um verdadeiro paraíso! Para ir até lá, você tem que pegar um barco em Malta, que custa 10 euros o trajeto de ida e volta. Lá você encontra alguns trailers vendendo lanches, cerca de 2 ou 3. O preço de um “kit” sanduíche + batata + Coca sai por 7 ou 8 euros.

A ilha de Comino é a menor das três ilhas maltesas, e não possuí habitantes.

A ilha de Comino é a menor das três ilhas maltesas, e não possuí habitantes.

IMG_6035

A parte dos guarda-sóis à beira-mar costumam ser lotaaados, então muitos turistas, como eu se acomodam nos morros da ilha.

A parte dos guarda-sóis à beira-mar costuma ser lotaaada, então muitos turistas, como eu se acomodam nos morros da ilha.

GOZO ISLAND
A terceira ilha maltesa é maravilhosa e cheia de história. Na verdade, se você gosta de História, você vai ficar louco em Malta! Mas voltando a Gozo, é uma ilha cheia de igrejas lindas, e nela está o lugar mais lacrador de Malta: a Blue Window ou Azurre Window, como alguns chamam. Na primeira vez que estive em Gozo fiz um passeio naqueles ônibus de turismo de 2 andares (bem tiazona mesmo) e não me arrependi. Mas infelizmente, eu naquele dia não consegui descer e ver a Blue Window, vi só de longe e prometi que antes de voltar para o Brasil eu retornaria naquele lugar. Bem, voltei lá no meu último dia em Malta, e não sei se por causa do saudosismo que eu já sentia e a sensação de “eu consegui!” que tomavam conta de mim, mas aquele lugar é abençoado. Eu não queria sair dali, fiquei até o sol se pôr e saí de lá refazendo a promessa de um dia voltar (e voltarei!).

Blue Window, o lugar mais incrível que visitei em Malta.

Blue Window, o lugar mais incrível que visitei em Malta.

Vista de cima da Blue Window.

Vista de cima da Blue Window.

Mas Gozo não é só mar, e a ilha também é habitada e linda, cheia dos típicos balcões de madeira malteses.

Mas Gozo não é só mar, e a ilha também é habitada e linda, cheia dos típicos balcões de madeira malteses.

Leia mais

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

 
ir ao topo