16 de maio 2017

Haaa, oi gente!
Sério, se eu pudesse postava mil looks por semana para vocês, mas nem sempre tem quem fotografe, as vezes o lugar não é apropriado, enfim.

O look de hoje foi fotografado em cima do telhado do meu amigo Alefe Ouriques, por ele mesmo. E apesar de parecer que combinado, foi feito em 5 minutos, porque ele estava atrasado, eu já estava voltando pra casa depois do compromisso do dia e nossa, o acaso fez essas fotos ficarem maravilhosas, socorro.

As peças do look foram escolhidas inspiradas nas roupas das gringas do Pinterest, confesso, hahaha, mas quando a moda da meia arrastão apontou eu já estava descontrolada querendo comprar. Inclusive vocês viram que tem blusa arrastão também? Várias telinhas na vida.

Tive que rasgar um pouco mais os furos que haviam nessa calça para que desse para ver a meia por baixo. O engraçado é que até um mês atrás essa cala não cabia mais em mim, mas comecei a malhar quinem uma maluca e já podemos ver os resultados (comparem com as fotos dos últimos looks).

O cropped tem esse punho com listras embaixo que me lembra boxeador agora, mas talvez seja influência do clipe K.O. da Pablo Vittar. Fiquem com as muitas fotos que amei!

Cropped e calça preta das lojas Renner | Meia Arrastão da Lupo | Melissa Grunge | Bolsa da Estilo Menina

Look ilustrado pra <3

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

15 de abr 2017

O mundo inteiro enveludou. Logo de cara achei fuen, mas depois que vi o efeito legal do veludo molhado e como, seja qual for a peça, ele transforma o look, tive que me render.
Já estou querendo várias peças e vou mostrar algumas das inspirações, especialmente porque as achei bem reais, afinal andei olhando pelas lojas de departamento no shopping e tem a maioria dessas peças, então, possibilidade real de reprodução dos looks na vida.

Body, com decote nas costas: Os bodys e maios entraram com tudo no figurino das estilosas de plantão. Desde o começo do ano vejo um mais bapho que o outro, ja adquiri o meu em veludo.

Vestido camisetão: Esse é o tipo de peça que faz o look, não precisa de muito mais com uma peça chave dessas, simples e ao mesmo tempo sofisticada.

Blazer: Esse é o tipo de peça que a gente usa uma vez na vida uma na morte, pra ser sincera, mas quando usa, vira referência.

Quimono de veludo: Os quimonos e cardigans entraram com pé na porta esse ano, de todos os tipos e prontos pra complementar qualquer look.

Regata de alças/Cropped: Vi tantas brusinhas de alças finíssimas que acho que surgiram dos veludos mesmo. Seja para usar sozinho ou fazer sobreposições.

Vestido Ciganinha:

Saia Plissada: Saias plissadas, principalmente midi, estão ahasando demais, muitas vezes metalizadas, mas imaginem o quão sofisticadas podem ficar quando de veludo.

Macaquinho:Vou nem falar nada do macaquinho, porque socorro, que coisa mais linda, conforto é a palavra.

Body: Coloquei esse body extra no post porque a Kendall Jenner usou esses tempos, igualzin.

Tênis: Vocês já viram os tênis lindos de veludo que estão surgindo por toda parte, meus favoritos por enquanto são os modelos da Moleca e Quiz, joguem no google e chorem com a beleza.

Vestido de alças: Assim como as blusas, perfeitos para sobreposições, não só camisetas de algodão como rendas, transparências – Que são super tendências desse ano, várias possibilidades.

Bom gente, é isso, me contem o que mais gostaram nos comentários e se usariam tanto veludo molhado assim na vida, hahaha, beijo.

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

28 de set 2016

Baixe o Wallpaper da Carly com o Arnold: Normal | HD

A primavera chegou, trazendo com ela flores, inspiração e a IV Seleção de correspondentes Kipling. Confesso que desde que a seleção foi anunciada estou ansiosíssima planejando o post e como  compartilho tudo com vocês, nada mais justo. Dessa vez não serão escolhidas correspondentes por região, mas sim por ocasião de uso: Work, Everyday, Travel e Shoes. Adivinhem o que a Carla, colorida, louca das bolsas, escolheu, exatamente, a linha Everyday. :D

Conheci a Kipling ainda na pré-adolescência, na época em que o macaquinho virou moda, a ponto de camelôs venderem chaveiros imitação. Eu ainda não tinha internet, mas fuçava catálogos de lojas e recortava as bolsas e estojos, para montar nos meus desenhos. Apesar de sonhar com as bolsas, principalmente o modelo fundamental, nunca pude investir em uma e o contato mais próximo que tive com a marca foi pela Patê (Bff e Colaboradora aqui do blog) que tinha e ainda tem algumas bolsas. Quem conhece a Kipling sabe como é característico uma bolsa acompanhar todo o período escolar e sobreviver para contar a história, um verdadeiro desafio, super resistentes.

kipling1

Como sou canceriana, minha vida inteira tem que caber na bolsa, pois o apego é grande e gosto de estar sempre preparada, o que torna os vários compartimentos das bolsas da Kipling perfeitos para o dia a dia.

Eu acompanho a Melina Souza, do blog Serendipity, e também o blog da Kipling, que sempre apresenta as novidades maravilindas da marca com tanto cuidado, mas fiz questão de ir a uma das lojas, para conhecer melhor os produtos novos e suas características para apresentar a vocês. Escolhi meus produtos e cores favoritas, minhas apostas reais para as próximas estações.

Clique em leia mais para carregar o restante do post  Leia mais

 

Acompanhe o blog também nas redes sociais:  Facebook InstagramTwitter

Página 1 de 212
 
ir ao topo